Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com gol no fim, Atlético-MG vence Vasco no Rio de Janeiro

Elias e Chará fizeram os gols do time mineiro; Maxi Lopez marcou para os cariocas

Com um belo gol no fim do jogo, o Atlético-MG bateu o Vasco da Gama por 2 a 1 em São Januário e se manteve com 100% de aproveitamento. Já o time carioca segue sem nenhum ponto na competição nacional.

O gol da vitória atleticana foi marcado pelo colombiano Chará, que compensou o baixo nível técnico da partida. Antes, também no segundo tempo, Elias abriu o placar para os visitantes e Maxi Lopez fez o gol vascaíno.

Tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

O primeiro tempo foi muito ruim: o Vasco atacava de maneira desordenada e o Galo simplesmente não atacou. Já na etapa complementar, o Atlético conseguiu agredir e marcou dois gols.

Na próxima rodada, o Atlético vai até o Castelão enfrentar o Ceará, no sábado, às 21h (de Brasília). Já o Vasco recebe o Corinthians, no mesmo dia, às 19h, na Arena da Amazônia.

No primeiro tempo, o Vasco entrou em campo com o foco em se reabilitar. A rodada de estreia foi pra lá de desastrosa para o clube carioca que sofreu uma dura queda por 4 a 1 para o Athletico, no Paraná. Pelo lado atleticano, o triunfo até veio, os três pontos foram computados, mas a exibição no Independência, diante do Avaí, não foi necessariamente o que era esperado.

O duelo, porém, foi muito ruim nos primeiros minutos. O Vasco atacava de forma desordenada e o Galo se defendia. Vale ressaltar a maneira como o Atlético se comportava em campo: a equipe não atacava, não se arriscava, mas a compactação do grupo alvinegro dificultava muito as ações do Vasco. Torna-se necessário ainda explicar que essa organização há muito não se via na equipe preto e branca.

A melhor chance do primeiro tempo ocorreu apenas aos 27: Yan Sasse chutou de fora da área e Victor fez a defesa mostrando bastante elasticidade.

Por fim, o que se viu em São Januário foram dois times lentos, com pouca criatividade e sem ambição, embora fosse necessário ter.

A volta do intervalo foi bem melhor. O técnico Rodrigo Santana tirou Luan de campo – exausto – e colocou Maicon Bolt. O Galo que tinha problemas na armação de jogadas tirou seu único atleta que tentava organizar este meio campo.

O Atlético se lançou para buscar o ataque com qualidade e fez isso. Logo no primeiro minuto, em cruzamento na área, Igor Rabello subiu e quase marcou o tento atleticano.

Aos 13 o Galo chegou ao gol. Após troca de passes, a redonda chegou em Elias. O volante atleticano soltou o pé e colocou no ângulo do goleiro vascaíno.

O Vasco buscou o ataque com todas as suas forças para tentar, pelo menos, o empate. A equipe de São Januário passou a pressionar muito o Galo. Aos 20 a equipe conseguiu o empate. Em um chute de Pikachu, a bola pegou na zaga e sobrou para Maxi Lopez que tirou do goleiro Victor e mandou para o fundo das redes.

O tento fez com que o Galo também fosse ao ataque no sonho de voltar do Rio de Janeiro com três pontos na bagagem. O Atlético criou boas chances, levou bastante perigo e, aos 45, conseguiu o triunfo. Chará pegou a bola na entrada da área, limpou o lance e colocou no fundo das redes.

FICHA TÉCNICA

VASCO-RJ 1 X 2 ATLÉTICO-MG

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 1 de maio de 2019 (Quarta-feira)

Horário: 21h30(de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Gols: Elias, aos 13 do segundo tempo, Chará, aos 45 do segundo tempo (Atlético); Maxi Lopez, aos 20 do segundo tempo (Vasco)

VASCO: Alexander; Claudio Winck, Weley, Ricardo, Henrique, Fellipe Batos (Andrey), Lucas Mineiro, Yago Pikachu (Rossi), Yan Sasse, Marrony (Valdívia), Maxi Lopez.

Técnico: Marcos Valadares

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; José Welison (Jair), Elias, Yimmi Chará, Luan (Maicon) e Geuvânio (Nathan); Ricardo Oliveira

Técnico: Rodrigo Santana

Com Gazeta Press

Narração Minuto a Minuto