Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Publicidade

Notícias sobre sigilo fiscal

Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz
Política

Defesa de Queiroz pede anulação de quebra de seu sigilo e de sua família

Por Da Redação Atualizado em 18 Maio 2019, 18h36 - Publicado em 18 Maio 2019, 17h18
Segundo advogado, a quebra de sigilo do ex-assessor de Flávio Bolsonaro é uma "clara violação dos princípios constitucionais e legais"
O senador Aécio Neves
Política

Marco Aurélio estende quebra de sigilo fiscal de Aécio Neves

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 4 Maio 2018, 22h29 - Publicado em 4 Maio 2018, 13h50
Medida se destina a buscar dados do ano de 2017, que não puderam ser acessados na primeira quebra de sigilo, determinada em novembro
“O PSDB agora acabou, o governador Marconi Perillo tem medo. O Agnelo, não”. Silvio Costa, deputado federal pelo PTB de Pernambuco, garantindo que só um político corajoso como Agnelo Queiroz ousaria autorizar a quebra do sigilo já quebrado pelo Supremo Tribunal Federal.
TEXTO PUBLICADO NO ESTADÃO DESTA QUARTA-FEIRA José Nêumanne O Departamento de Polícia Federal (DPF), subordinado ao Ministério da Justiça, tem sido um ai-jesus do marketing eleiçoeiro nestes sete anos e dez meses das gestões petistas de Lula. Vende-se a ideia de que, na “nova administração”, os agentes encarregados de reprimir contrabando e tráfico de drogas, […]
Por Rosa Costa, no Estadão Online: Os dados revelados pela Polícia Federal sobre o esquema de montagem de dossiês para abastecer a campanha da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, difere do que foi dito pelo ex-delegado Onésimo Sousa à Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência em dois pontos: a […]
PUBLICADO EM 4 DE SETEMBRO DE 2010 Em julho de 2005, foi Márcio Thomaz Bastos, então ministro da Justiça, quem aconselhou o presidente da República e seus delinquentes de estimação a transformarem o escândalo do mensalão numa edição revista e atualizada do velho caixa dois. Não houve uma roubalheira de dimensões siderais, ensinou o anjo-da-guarda […]
“Cheguei aos 62 anos, imagina se eu me lembro da mamadeira que eu mamei”. Antonio Carlos Atella Ferreira, contador especializado em maracutaias fiscais, que entregou a procuração falsificada para conseguir informações sigilosas sobre Verônica Serra, ao informar que já foi filiado a um partido político, mas já não lembra nem o nome nem a sigla.
Publicidade