Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Porto de Mariel

alx_marcelo_odebrecht__-11-_original.jpeg
Política

‘Lula nos pediu projeto em Cuba’, diz Marcelo Odebrecht

Por Da Redação Atualizado em 9 dez 2019, 09h12 - Publicado em 9 dez 2019, 03h57
Ex-presidente da construtora afirma que obra de porto foi única na qual governo usou a Odebrecht de forma 'ideológica', embora visse vantagens econômicas
Com a exportação de escravos de jaleco, a ditadura cubana ganhou, entre 2013 e 2017, quase R$ 7 bilhões
Cuba pagaria os empréstimos do governo brasileiro com o dinheiro que o próprio governo brasileiro lhe pagaria pelo programa Mais Médicos
O eventual regresso ao poder dos celebrantes de missas negras seria a reedição mais cafajeste do pesadelo que durou 13 anos
#ValeAPenaLerDeNovo: Construído pela Odebrecht e financiado pelo BNDES, Mariel já engoliu US$ 682 milhões subtraídos dos brasileiros que pagam impostos
Decisões econômicas irresponsáveis resultaram em recessão, desemprego e pobreza
No mesmo dia em que Lula denunciou o Pacto Diabólico, foram presos Rodrigo Tacla Duran e Adir Assad, considerados peças-chave do esquema
O juiz disse que a existência de indícios de irregularidades nas operações de financiamento para reconstrução do porto de Mariel “sobrepõe-se ao dever de sigilo sobre os contratos”
“Ela disse que as garantias são da empresa, e não do governo de Cuba. Ela está mentindo”. Marcelo Odebrecht, ex-presidente da Odebrecht, revelando ao executivo Benedicto Barbosa que Dilma Rousseff ampliou o colossal estoque de mentiras ao afirmar que a construção do Porto de Mariel seria bancada pela empreiteira caso o governo cubano desse um calote […]
A folha corrida informa que Fernando Pimentel nunca primou pela prudência. Quando perdeu o emprego de prefeito e virou “consultor”, deixou provas e rastros suficientes para constatar-se que embolsou dinheiro por palestras que não fez e, com meia dúzia de conselhos à distância, precipitou a falência de uma fábrica de tubaína em Pernambuco, fora o […]
Com a reaproximação diplomática entre os Estados Unidos e Cuba, Dilma Rousseff resolveu enxergar um golaço na doação de um superporto à ditadura caribenha. O embuste não resiste a uma ressalva e uma pergunta. A ressalva: em Mariel, é verdade, o governo lulopetista deixou a Odebrecht na cara do gol, mas quem mandou para o […]
Publicado na coluna de Carlos Brickmann Obras públicas no Brasil. Aqui há alguns casos de lentidão. A transposição do rio São Francisco, que deveria estar concluída em 2010, ainda está em obras, mas um dia certamente ficará pronta. O trem-bala, que deveria estar pronto para a Copa, ou para as Olimpíadas, ainda não foi sequer […]
Publicado na edição impressa de VEJA J. R. GUZZO Encaminhamos à apreciação das autoridades federais, novamente, algumas perguntas sobre questões de possível interesse para o leitor. Como costuma acontecer, não virá nenhuma resposta, mas é dever desta revista fazer o que pode, mesmo sabendo que o governo não reconhece a existência no Brasil de cidadãos capazes […]
Em 3 de junho de 2009, já acumulando as atribuições de chefe da Casa Civil com os deveres de candidata de Lula à presidência da República, Dilma Rousseff jurou que o governo não gastaria um só tostão na reforma ou na construção de estádios. Os investimentos públicos seriam reservados a “obras de mobilidade urbana” que transformariam […]
Publicidade