Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Publicidade

Notícias sobre E-books

Em 2007, era lançado o primeiro e-reader da Amazon. Desde então, o produto se mantém como líder do mercado
Revista VEJA

SobeDesce

Por Da Redação
A alta nas ações da Eletrobras na bolsa fez um acionista ganhar mais de 1 bilhão de reais num só dia. Os e-books no Brasil representam apenas 1% do mercado
Conteúdo editorial digital ganhou mais de 42,5 mi de reais em 2016, de acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisa Econômica
Ministros do tribunal consideraram que e-books e aparelhos destinados à sua leitura têm direito à mesma imunidade de obras feitas em papel
O CEO da companhia, Jeff Bezos, já havia anunciado na segunda-feira que o novo leitor de e-books chegaria ao mercado neste ano
O carioca Eduardo Spohr acaba de lançar o livro "Paraíso Perdido" que fecha a trilogia da série Filhos do Eden. Spohr já vendeu 600 mil exemplares no Brasil e fala ao jornalista Bruno Meier sobre seu trabalho como um autor de ficção best-seller. Acompanhe
O Clube do Livro debate a obra de um dos mais populares escritores de suspense da atualidade. A obra de Stephen King, adaptações dos livros para o cinema e o estilo de construção das tramas são dissecados pelos jornalistas Carlos Graieb e Jerônimo Teixeira. Gravado em 05/11/2015
Às vésperas do lançamento de um novo filme sobre o personagem do escocês J. M. Barrie, a empresa americana divulga um levantamento curioso feito com os leitores do Kindle
Pouco se sabe sobre a situação dos livros digitais no Brasil. Editoras não divulgam os números de vendas, e dizem apenas que elas representam 1%, às vezes 2% do faturamento. Tampouco interessa às livrarias revelar seu market share (participação no mercado). Juntando uma informação aqui e outra ali, era possível entender um pouco do comportamento […]
As vendas de e-books da DLD, distribuidora que reúne as principais editoras do Brasil, tiveram um crescimento de 11% entre janeiro e julho em comparação com o mesmo período do ano passado. Ainda assim, não se pode falar em explosão dos livros digitais: representam apenas 4% do mercado. Nos EUA, há três anos, o volume […]
Publicidade