Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo mostra Evo Morales ordenando que amarrem seu sapato

Depois de virar notícia global e desagradar o papa Francisco com um ‘presentão muy hermoso’, o presidente boliviano Evo Morales volta a ser criticado por sua descortesia e, dessa vez, o ato teve ainda requintes de autoritarismo. Um vídeo que circula nas redes sociais e sites bolivianos [confira abaixo] mostra Morales ordenando que um assessor amarre o seu sapato. A humilhação de uma pessoa em público provocou reações imediatas. “Esta é a igualdade que ele [Morales] promove com o socialismo do século XXI”, disse nesta terça o líder opositor e ex-candidato presidencial Samuel Doria Medina em sua conta no Facebook. O governo afirma que o vídeo é uma montagem.

Leia também

​Papa ganha um ‘presentão’ de Evo Morales: crucifixo de foice e martelo

As imagens, aparentemente gravadas com um telefone celular, mostram Morales entrando em um ginásio de esportes, cumprimentando alguém e percebendo que está com o sapato desamarrado. Em seguida, ordena que um assessor amarre o cadarço enquanto prossegue conversando. O senador oposicionista Arturo Murillo qualificou a atitude do presidente de “ato de humilhação de um ser humano”. Doria Medina publicou também uma foto do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, amarrando o próprio sapato e escreveu: “nem todos que detêm o poder cometem abusos”.

O presidente Barack Obama amarra seu sapato em um evento nos Estados Unidos O presidente Barack Obama amarra seu sapato em um evento nos Estados Unidos

O presidente Barack Obama amarra seu sapato em um evento nos Estados Unidos (/)

(Da redação)

Vídeo: Evo Morales manda assessor amarrar seu sapato