Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Site sueco divulga detalhes dos processos contra Assange

Por Da Redação 5 fev 2011, 13h03

Um site sueco divulgou documentos confidenciais da polícia a respeito das investigações sobre as acusações de abuso sexual contra Julian Assange, fundador do site WikiLeaks. Embora as informações tenham sido retiradas do ar em poucos minutos, o jornal britânico The Times teve tempo de registrar os dados – e os publicou neste sábado.

Entre as informações da polícia estão detalhes dos encontro de Assange com as duas mulheres que o processam, além do depoimento das acusadoras e de amigos delas.

Assange havia sido preso em Londres em dezembro passado. Nove dias depois, e mediante o pagamento da fiança de 240.000 libras com a ajuda de empresários e celebridades, ganhou liberdade condicional.

Como parte das condições para ser solto, ele teve de permanecer na mansão de um amigo, Vaughan Smith, em Suffolk, no leste da Inglaterra. Assange afirma ser inocente e seus advogados veem motivações políticas no caso. O processo de extradição pode levar meses. Segundo seu advogado, Mark Stephens, o vazamento das informações do processo tem como objetivo prejudicar seu cliente.

Na audiência da segunda-feira, os advogados de Assange, que declara inocência de toda acusação, argumentarão que os fatos não seriam puníveis na Grã-Bretanha porque não há provas suficientes de que as mulheres não deram consentimento para a relação sexual sem preservativo – ação considerada crime de estupro na Suécia, explica o Times.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade