Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Renzi convoca italianos para referendo: “tudo está em jogo”

O referendo do próximo domingo perguntará aos eleitores italianos se eles respaldam a reforma constitucional

O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, pediu a participação da sociedade no referendo de domingo sobre a reforma constitucional. “Dentro de 48 horas, serão abertas as urnas, 50 milhões de cidadãos irão votar em um referendo fundamental não para o governo, não para um partido, mas para o país”, disse em entrevista à rádio Rtl 102.5.

Em seguida, o chefe de governo respondeu nas redes sociais perguntas sobre a consulta de domingo. “Tudo está em jogo nas próximas 48 horas. Nunca houve um número tão elevado de indecisos”.

Veja também

Nas últimas pesquisas publicadas sobre as intenções de voto, o “sim” à reforma constitucional colocada pelo governo se situava dez pontos à frente da rejeição – 55 % contra 45% – , mas os levantamentos mostraram que um quarto do eleitorado não sabia qual seria sua posição no referendo.

O referendo de 4 de dezembro, próximo domingo, pergunta aos eleitores italianos se eles respaldam a reforma constitucional que, entre outras coisas, retira a função legislativa do Senado, o que deve agilizar o funcionamento do processo legislativo.

Renzi vinculou sua continuidade à frente do governo com a vitória no referendo, embora posteriormente lamentou tê-lo relacionado e agora não se sabe o que ocorrerá se o Executivo perder a consulta convocada pelo primeiro-ministro.

(Com EFE)