Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Putin diz que sanções ocidentais aceleraram integração com Belarus

O presidente russo afirmou que a ação seria para "minimizar os danos" causados pelos bloqueios

Por Da Redação Atualizado em 1 jul 2022, 16h35 - Publicado em 1 jul 2022, 12h01

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta sexta-feira, 1º, que as sanções ocidentais estão levando a Rússia e a Belarus a “acelerar a integração” entre elas em vários setores, para “minimizar os danos” causados pelos bloqueios. Os países são fortes aliados, e a Belarus ajudou o exército de Moscou a invadir a Ucrânia pela fronteira dos dois países, em fevereiro.

“Rússia e Belarus continuam a crescer em sua cooperação nas esferas política, comercial, econômica, cultural e humanitária”, disse Putin em uma mensagem de vídeo aos participantes de um fórum anual Rússia-Belarus.

“A pressão sem precedentes das sanções do chamado Ocidente coletivo está nos empurrando para acelerar a integração. Juntos é mais fácil minimizar os danos das sanções ilegais, é mais fácil montar a produção de produtos demandados, desenvolver novas competências e expandir a cooperação com países amigos.”

+Por que o novo pacote de sanções do Ocidente pode fortalecer Putin

Putin e seus aliados vêm sofrendo uma série de sanções desde antes do começo da guerra na Ucrânia. Em maio, os líderes do G7 impuseram também cortes às três maiores redes de televisão da Rússia, que recebiam aproximadamente 300 bilhões de dólares em publicidade do Ocidente.

+EUA e G7 impõem novas sanções contra a Rússia

As áreas de cooperação entre Rússia e Belarus incluem inovação tecnológica e industrial, finanças e transportes, com alguns projetos já em andamento. Segundo Putin, outros também estão a caminho para os próximos anos e visam criar “condições econômicas iguais para nossos países” e “formar uma estrutura confiável para um mercado financeiro e uma base de transportes”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)