Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia da Holanda prende quarto suspeito de envolvimento em ataque

Com cerca de 40 anos de idade, o homem não teve a identidade divulgada; dos três suspeitos presos, apenas turco de 37 anos segue sob custódia

A polícia de Utrecht, na Holanda, prendeu um quarto suspeito de envolvimento no ataque a tiros em bonde elétrico que provocou três mortes na segunda-feira passada. Com cerca de 40 anos de idade, o homem não teve a identidade divulgada.

Dos três suspeitos presos, apenas o turco Gokmen Tanis, de 37 anos, continua sob custódia – ele é considerado o autor do atentado. As informações foram confirmadas pelo Ministério Público holandês e pela polícia em sua conta no Twitter.

As autoridades holandesas não descartam a possibilidade de o ataque ter sido um atentado terrorista. A motivação do atirador, porém, ainda está sob investigação. Quando o turco Gokmen Tanis foi preso, os agentes encontraram uma arma na casa e uma carta em um carro, mas o conteúdo dela não foi divulgado.

O ataque, que matou uma mulher de 19 anos e dois homens de 28 e 49, ocorreu em um bonde elétrico na Praça 24 de Outubro, no centro na cidade de Utrecht. Os disparos ocorreram por volta das 10h45 no horário local (6h15 em Brasília). Ainda há três pessoas em estado grave: um homem de 74 anos e duas mulheres de 20 e 21 anos de idade.  

A polícia de Utrecht informou ainda que foi criado um memorial na Praça 24 de Outubro. No parque, na esquina entre a Avenida Benelux e a Avenida das Nações Unidas, as pessoas podem demonstrar seu apoio às vítimas e depositar flores.