Clique e assine com até 92% de desconto

Parlamento Europeu aprova acordo do Brexit

O Reino Unido sairá oficialmente da União Europeia na sexta-feira e passará por um 'período de transição' que deve durar até final de 2020

Por Da Redação 29 jan 2020, 16h35

O Parlamento Europeu, órgão legislativo da União Europeia, aprovou em plenário nesta quarta-feira, 29, o acordo de saída do Reino Unido do bloco. Os britânicos, então, deixarão de ter poder de voto sobre decisões do grupo a partir de fevereiro e passarão por um período de “transição”, que deve durar até final de 2020.

Os parlamentares aprovaram o acordo por um placar de 621 votos a favor, 49 contra e 13 abstenções. Ao fim da votação, boa parte dos eurodeputados começou a entoar o poema escocês “Auld Lang Syne”, cantado normalmente na virada do Ano Novo, mas também comum em funerais.

Alguns parlamentares portavam flâmulas com as bandeiras do Reino Unido e da União Europeia, e o dizer “Sempre Unidos”. Indicado como representante do Parlamento Europeu na coordenação do Brexit, o holandês Guy Verhofstadt disse que a saída “não é um ‘adeus’, apenas um ‘até a próxima'”.

  • O aval do Parlamento Europeu é o penúltimo passo para que o Reino Unido possa deixar o bloco. Agora, o texto do acordo será avaliado pelo Conselho Europeu, que reúne chefes de Estado e de governo da União Europeia, o que deve ocorrer entre esta quinta-feira, 30, e sexta-feira, 31. Não é esperado qualquer obstáculo para que o pacto seja aprovado por maioria simples.

    A partir da 0h de 1º de fevereiro, como determina a proposta de Brexit do governo do premiê britânico Boris Johnson, o Reino Unido entrará em um período de “transição”, sob as regras da União Europeia. Nessa fase, Londres se mantém ainda no mercado comum europeu e terá de reconhecer os julgamentos das cortes europeias.

    O período de “transição”, que deve se encerrar até o final de dezembro de 2020, servirá para o Reino Unido negociar com a União Europeia o futuro de suas relações. A expectativa é que haja um acordo comercial entre os dois lados. 

    (Com EFE)

    Continua após a publicidade
    Publicidade