Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de mortos em epidemia de cólera já passa de 200

Cerca de 3.000 pessoas estão sendo tratadas em hospitais e centros médicos

A epidemia de cólera que atinge o Haiti já provocou mais de 200 mortes, de acordo com informações divulgadas pelo ministério da Saúde do país, neste sábado. “Pelo menos 208 pessoas já morreram”, disse o diretor geral do ministério, Gabriel Thimote. Na última sexta-feira, o governo ainda contabilizava 138 vítimas fatais.

Ao todo, cerca de 3 mil pessoas estão sendo tratadas em hospitais e centros médicos. Segundo Thimote, a maior parte dos pacientes é de Artibonite, área rural no norte do país.

Além disso, 50 detentos de uma prisão haitiana estão infectados, e outros três já morreram.

Apesar do número de casos, a médica Jocelyne Pierre-Louis disse, neste sábado, que a “situação estava sob controle” e que a população não deve entrar em pânico. Mas as pessoas deveriam adotar medidas higiênicas.

De acordo com informações da rede americana CNN, uma equipe de apoio do Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos será enviada ao local para ajudar nos esforços de combate à cólera.

As autoridades de saúde do Haiti já haviam informado, na última sexta-feira, que planejam colocar um fim à epidemia antes que ela se espalhe aos campos de desabrigados em Porto Príncipe.

Equipes médicas internacionais têm ajudado o país desde 12 de janeiro, quando um terremoto de magnitude 7 devastou o Haiti e acabou com a já deteriorada estrutura de saúde pública do país caribenho. O terremoto deixou 1,5 milhão de pessoas vivendo em barracas em vários pontos da cidade. Aproximadamente 300.000 pessoas morreram no desastre.

(Com agências Estado e France-Presse)