Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo do México diz que Lugo não teve espaço para se defender

O governo do México considerou que o processo de destituição do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, realizado na sexta-feira, não foi justo, ao não conceder a ele espaço para sua defesa, afirmou a chancelaria em um comunicado.

“Embora o processo de julgamento político tenha se desenrolado seguindo o procedimento estabelecido no texto constitucional paraguaio, o México considera que este procedimento não concedeu ao ex-presidente Lugo os espaços e tempos para a devida defesa”, expressou a chancelaria do México.

O governo mexicano também afirmou que “é indispensável garantir a integridade física do ex-presidente Lugo”.

“O México faz votos para que seja mantido o diálogo entre as diferentes forças políticas deste país irmão e que sejam evitados em todo momento atos de violência”, concluiu o texto oficial.