Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ex-ministro da Defesa do México é preso nos EUA

Os motivos ainda não foram revelados, mas a imprensa dos dois países afirmam que Salvador Cienfuegos era investigado por corrupção e narcotráfico

Por Da Redação - 16 out 2020, 09h44

O ex-ministro da Defesa Nacional do México Salvador Cienfuegos, de 72 anos, foi detido no aeroporto de Los Angeles, Califórnia, nesta sexta-feira, 16, segundo a chancelaria mexicana. Os motivos da prisão não foram revelados, mas tanto a imprensa americana quanto a mexicana afirmam que ela foi realizada pela agência americana antidrogas (DEA, na sigla em inglês).

Segundo a revista mexicana Proceso, a detenção foi resultado de uma investigação nos Estados Unidos que durou dez anos, precedendo o tempo em que Cienfuegos fora ministro, sobre corrupção por narcotráfico. Já o americano Wall Street Journal, confirmou que a prisão foi feita pelo DEA.

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse pelo Twitter que as acusações vão ser oficialmente divulgadas ainda nesta sexta.

Cienfuegos, general da reserva reformado, não é a primeira autoridade mexicana a ser investigada nos Estados Unidos. Com a prisão e condenação do traficante Joaquín Chapo Guzmán Loera, conhecido pela alcunha de El Chapo, a justiça americana começou a apurar as ligações do traficante com membros do governo mexicano.

Cienfuegos comandou a Secretaria de Defesa durante o governo do ex-presidente Enrique Peña Nieto. Sua detenção é a segunda de um ex-membro da administração do governo de Peña Nieto.

O ex-secretário de Segurança Pública do México Genaro García Luna, acusado de conspiração para traficar ao menos 53 toneladas de cocaína aos Estados Unidos, foi detido em Dallas, no Texas, em dezembro de 2019 e está preso em Nova York.

Continua após a publicidade
Publicidade