Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-KGB morto é suspeito de ligação com dossiê de Trump

Segundo o jornal The Telegraph, Oleg Erovinkin ajudou o ex-espião britânico a elaborar o dossiê sobre as relações do presidente americano com a Rússia

O ex-general da KGB Oleg Erovinkin, encontrado morto em Moscou em dezembro do ano passado, é suspeito de ter ajudado o ex-agente do serviço secreto britânico Christopher Steele a produzir o controverso dossiê sobre as relações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com a Rússia, segundo reportagem do  jornal britânico The Telegraph publicada nesta sexta-feira.

Oleg Erovinkin foi achado morto na parte traseira do seu carro. A agência de notícias russa RIA Novosti publicou que “uma investigação de grande escalada foi iniciada”. A causa da morte seria uma parada cardíaca. Erovinkin foi um dos principais assessores de Igor Sechin, ex-vice-primeiro-ministro da Rússia e atual presidente executivo da Rosneft, a empresa estatal de petróleo do país. A companhia é uma das mais citadas no dossiê.

O dossiê, que traz detalhes de farras de Trump com prostitutas, pagamentos de propina e o auxílio da inteligência russa para grampear membros do partido Democrata, veio à tona no início deste ano, mas não teve nenhum de seus relatos confirmados pelas autoridades americanas. Trump classificou as informações como “mentiras” e uma “calúnia em estilo nazista” que teria sido criada por “pessoas doentes”.

A reportagem do Telegraph cita afirmações feitas pelo especialista em ameaças à segurança referentes à Rússia Christo Grozev em seu blog. Ele disse que Erovinkin pode ser a fonte-chave a quem o ex-espião britânico se refere no dossiê. “Descreveram Erovinkin para mim como “tesoureiro de Sechin” e “o intermediário entre Putin e Sechin”. Um ponto que todos parecem concordar — tanto em fontes públicas como privadas — é que Erovinkin foi o mais próximo de Sechin”, escreveu Grozev no artigo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Mário Campos

    Dá-lhe mi-mi-mi …
    Mais Fake news na campanha anti-Trump
    Chora mídia desacreditada !

    Curtir

  2. Marcelo Santos

    Mais um pouco e acabam descobrindo o envolvimento de Lula e a Odebrecht nessa sujeira toda..Nao acredito nesse dossie. parece mais aqueles jogos de esquerdotas , como aconteciam no Brasil, antes da era PT no governo.Saia dossie de todo quanto e jeito contra os governantes, e, sempre inventados, ou com meias verdades. Este e o modus operantes da esquerda, tanto no Brasil como em outras partes do mundo, como nos EUA, por exemplo….

    Curtir