Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Desmoronamento em mina de ouro no Afeganistão deixa pelo menos 30 mortos

Mineiros realizavam exploração ilegal quando um dos túneis de escavação desabou; ao menos 5 pessoas ficaram feridas

Pelo menos 30 pessoas morreram e cinco ficaram feridas neste domingo, 6, após o desmoronamento de um túnel em uma mina de ouro em uma região remota da província de Badakhshan, no nordeste do Afeganistão.

Cerca de 50 mineiros ilegais estavam no local quando foram atingidos por um deslizamento de terra, que provocou o desabamento de um dos túneis, segundo o porta-voz da polícia local, Sanaullah Rohani.

“Pobres aldeões durante invernos tentam compensar os ganhos com mineração ilegal. Eles cavam túneis para entrar nas minas”, disse o porta-voz do governador de Badakhshan, Nik Nazari.

Duas equipes de resgate foram destacadas para ajudar os feridos. O deslizamento ocorreu sob uma forte nevasca.

Ainda segundo as autoridades locais, o grupo de mineiros tinha começado uma escavação de mais de 20 metros de profundidade desde o nível do solo quando a mina desmoronou.

Deslizamentos de terra são frequentes nas províncias montanhosas do norte do país.

O Afeganistão é um país com vastos recursos minerais, no entanto, o desenvolvimento da mineração é ainda informal em muitas áreas e acontece em condições precárias.

De acordo com fontes oficiais dos Estados Unidos, o valor das jazidas no Afeganistão é tal que poderiam transformar o país em um dos maiores centros mineradores do mundo, embora sua exploração levará décadas devido à falta de infraestruturas.

Os maiores depósitos são de ferro e cobre, embora também haja nióbio e grandes depósitos de ouro.

(Com EFE e Reuters)