Clique e assine a partir de 9,90/mês

Desde o início de 2017, a Coreia do Norte já disparou 22 mísseis

O regime de Kim Jong-un realizou 15 testes com mísseis balísticos. Dois deles sobrevoaram o território do Japão

Por Da redação - 14 set 2017, 21h51

O ano de 2017 foi intenso e de progresso para o programa militar de mísseis da Coreia do Norte. O país disparou 22 mísseis durante 15 testes desde fevereiro, aperfeiçoando sua tecnologia a cada lançamento.

O regime lançou mísseis balísticos que sobrevoaram o Japão em 28 de agosto e nesta quinta, 14 de setembro. No dia 4 de julho, os norte-coreanos realizaram seu primeiro teste com um míssil intercontinental, que afirmam poder chegar a “qualquer lugar do mundo”.

Em menos de seis anos na liderança da Coreia do Norte, Kim Jong-un testou mais mísseis que seu pai, Kim Jong-il, e seu avô, Kim il-Sung, juntos. Segundo a emissora CNN, Jong-un realizou 142 testes desde 2012. Seus antecessores, por outro lado, foram responsáveis por 31 tentativas de lançamento.

O míssil disparado nesta quinta-feira ainda não foi identificado, mas segundo o Estado Maior Conjunto de Seul (JCS), o projétil pode ter alcançado uma altitude de 770 quilômetros e percorrido uma distância de 3.700 quilômetros. Ela caiu a cerca de 2.000 quilômetros da cidade de Erimo, no leste da ilha de Hokkaido, norte do Japão, sem que tenha sido detectado choques com barcos ou aviões na região.

Continua após a publicidade

 

Publicidade