Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Crime que chocou Argentina termina em prisão perpétua de atletas de rúgbi

Morte de filho de imigrantes paraguaios colocou luz sobre racismo no país

Por Da Redação
7 fev 2023, 13h02

Oito jogadores amadores de rúgbi foram condenados na segunda-feira, 6, pela morte de um aspirante a advogado na Argentina, em um caso que chocou e colocou luz sobre atitudes racistas no país.

Cinco dos agressores foram sentenciados à prisão perpétua, que na Argentina equivale ao máximo de 35 anos, pela morte de Fernando Báez Sosa, de 18 anos, filho único de um casal de imigrantes paraguaios. Os outros três condenados receberam sentenças de 15 anos de prisão.

O assassinato aconteceu em janeiro de 2020 e está entre os casos criminais mais repercutidos na Argentina nos últimos anos. Báez Sosa estava com amigos em uma casa noturna na cidade de Villa Gesell, quando começou uma briga entre eles e os jogadores de rúgbi. Ambos os grupos foram expulsos do local, mas, minutos depois, os atletas se juntaram contra Báez Sosa, chutando e golpeando o jovem no chão, enquanto tentavam impedir que outras pessoas intervissem.

Testemunhas afirmam ter ouvido frases racistas proferidas contra Báez Sosa, incluindo “negro de merda”, enquanto outro prometia “levá-lo como um troféu”. Na Argentina, “negro” é um termo usado frequentemente também para descrever indígenas ou pessoas não brancas.

Continua após a publicidade

Embora o ódio com motivação racial nunca tenha feito parte da acusação apresentada pela promotoria, familiares, ativistas e funcionários do governo o consideraram um fator-chave no ataque.

“O caso de Fernando Báez Sosa é um divisor de águas na Argentina”, disse Alejandro Mamani, advogado e membro do Identidad Marrón, um grupo antirracista, ao britânico The Guardian.  O Instituto Nacional contra a Discriminação, Xenofobia e Racismo da Argentina chamou de “claro ataque racista” por causa das palavras gritadas pelos agressores.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.