Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Coreia do Norte acusa EUA de querer provocar uma guerra

Para Pyongyang, Washington está conduzindo lentamente os dois países ao conflito e que a única questão agora é saber quando ele explodirá

A Coreia do Norte acusou nesta quinta-feira os Estados Unidos de querer provocar uma guerra na península coreana. O conflito, segundo o país asiático, seria um reflexo das recentes manobras militares de Washington e dos comentários “belicistas” das suas autoridades em direção a Pyongyang.

“Os comentários negligentes de guerra do círculo interno do presidente americano Donald Trump e os movimentos militares temerários dos Estados Unidos corroboram que o atual governo decidiu provocar uma guerra na península coreana”, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores norte-coreano à agência estatal KCNA.

Pyongyang acredita que Washington optou pela estratégia de forçar “passo a passo” o conflito e que a única pergunta agora é “quando explodirá a guerra?”.

“Não desejamos uma guerra, mas não fugiremos dela”, afirmou o porta-voz. Ele advertiu que sua “poderosa força nuclear” fará os Estados Unidos “pagarem caro pelas consequências” de provocar um conflito.

Os comentários da chancelaria norte-coreana acontecem ao mesmo tempo em que os Estados Unidos e a Coreia do Sul realizam seu treinamento conjunto anual, o maior até o momento e que deve se prolongar até sexta-feira.

A tensão na península da Coreia aumentou após o último teste nuclear norte-coreano em setembro e os lançamentos de mísseis balísticos, o mais recente e mais avançado na semana passada.

O assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, o tenente-general Herbert Raymond “H.R.” McMaster, disse recentemente que a possibilidade de uma guerra com a Coreia do Norte “está aumentando a cada dia”, enquanto o senador republicano Lindsey Graham pediu ao Pentágono  que comece a repatriar as famílias dos militares americanos, alegando que o conflito com o Norte está se aproximando.

Pyongyang rotulou esses comentários de “belicistas” e disse que eles apenas podem ser interpretados “como um aviso para que estejamos preparados para uma guerra”, disse o porta-voz do Ministério, acrescentando que “o mundo não deveria abrigar nenhum preconceito quando se trata de discernir quem está por trás da tensa situação”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. valdemir j.s

    É claro que Trump, envolto em escândalos de corrupção precisa arrumar uma guerra para desviar a atenção, e a C do Norte é a bola da vez. Pouco se isso for colocarr o mundo em chamas.

    Curtir

  2. Alexandre Ferreira Cipriano

    Corrupção? Onde vi viu isso? Corrupção quem faz são os comunistas brasileiros aliados desse louco insano que devia estar internado ou preso. Os testes nucleares que ele faz está contaminando o seu povo de tanta radiação, mata o povo de fome pra sustentar seu programa nuclear, lança mísseis pra todo lado e diz que tem mais é ainda vem dizer que o outro é que quer guerra? Todo comunista é vitimista mesmo. Cara de pau.

    Curtir

  3. Alexey Heronville Gonçalves da Silva

    Que os EUA varram aquele lixo norte-coreano como varreram o Japão imperial, fanático e realmente imperialista! Que país emergiu depois que os militares japoneses (e infelizmente milhares de civis) foram evaporados pela força americana! Que Deus após o apocalipse norte-coreano tenha compaixão daquele sofrido povo e ajude a emergir um país melhor, pra um mundo melhor sem o comunismo tosco, maldito e assassino naquele parque jurássico dos horrores asiático.

    Curtir

  4. Nathan Khornnes

    Por que não casam o mandato desse Bolsonaro Americano antes que ele destrua o planeta com suas megalomanias? O mundo está carente de homens honestos. E o Brasil não fica atrás. BoçalNaro em 2018 para acabar de vez com o Brasil e seu povo amorfo.

    Curtir

  5. Nathan Khornnes

    Por que não cassam o mandato desse Bolsonaro Americano antes que ele destrua o planeta com suas megalomanias? O mundo está carente de homens honestos. E o Brasil não fica atrás. BoçalNaro em 2018 para destruir de vez com o Brasil e seu povo amorfo.

    Curtir