Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Confronto entre palestinos e israelenses deixa 20 feridos em Jerusalém

Há um ano, confrontos dentro e ao redor da mesquita de al-Aqsa se transformarem em uma guerra de 11 dias entre Israel e militantes palestinos

Por Da Redação 18 abr 2022, 10h06

Mais de 20 palestinos e israelenses foram feridos em confronto na mesquita de al-Aqsa, em Jerusalém, no domingo 17. Os conflitos, que começaram na sexta-feira 15, momento em que a Páscoa judaica coincide com o Ramadã muçulmano, já somam mais de 170 feridos.

A polícia informou que “centenas” de manifestantes palestinos dentro do complexo da mesquita começaram a juntar pilhas de pedras, pouco antes da chegada dos visitantes judeus – que têm permissão para visitar, mas não para rezar no local. O templo é o lugar mais sagrado do judaísmo e o terceiro mais sagrado do islamismo.

A polícia israelense disse entrou no complexo para “remover” os manifestantes e “restabelecer a ordem”. O ministro da Segurança Pública de Israel, Omer Bar-Lev, afirmou que 18 palestinos foram presos, acrescentando que as autoridades do país “agiriam com força contra qualquer um que ousasse usar o terrorismo contra cidadãos israelenses”.

+ Ataque a tiros deixa ao menos cinco mortos próximo a Tel Aviv

O rei Abdullah II da Jordânia, guardião de lugares sagrados no leste de Jerusalém, pediu a Israel no domingo que “pare com todas as medidas ilegais e provocativas” que levam “ao agravamento do conflito”. O chefe do movimento islâmico Hamas, que controla o enclave palestino de Gaza, já havia alertado Israel que “al-Aqsa é nossa e somente nossa”.

Há um ano, os confrontos dentro e ao redor da mesquita se transformarem em uma guerra de 11 dias entre Israel e militantes palestinos em Gaza.

Desde o final de março, palestinos e israelenses estão envolvidos em enfrentamentos na Cisjordânia, resultando em 36 mortes.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse no domingo 17 ao presidente palestino, Mahmud Abbas, que faria contato com todos os lados para “acabar com a escalada israelense”.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)