Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cineasta chinês é punido com multa milionária por ter três filhos

O aclamado diretor de "Lanternas Vermelhas" e "Clã das Adagas Voadoras" terá de pagar quase 3 milhões de reais por infringir a política do filho único

O famoso cineasta chinês Zhang Yimou foi multado em 7,5 milhões de iuanes (quase 3 milhões de reais) por ter violado a política do filho único no país. A agência de planejamento familiar de Wuxi, cidade de Zhang e de sua mulher, Chen Ting, já havia comunicado o casal de que eles seriam multados, caso fosse confirmada a violação da regra de natalidade do país. Eles ainda podem recorrer da decisão.

No ano passado surgiram rumores de que Zhang teria ao menos sete filhos, o que poderia resultar em uma multa de 160 iuanes (63 milhões de reais). Em dezembro, o diretor de cinema pediu desculpas por ter tido três filhos.

Segundo as autoridades, a multa foi calculada com base nos ganhos do casal. A agência deu um prazo de 30 dias para que o pagamento seja realizado. “Quando o casal teve três filhos, não haviam realizado os procedimentos de registro de casamento e não obtiveram os documentos de autorização de nascimento das autoridades de planejamento familiar e populacional”, informou o serviço de notícias chinês.

Zhang já tinha uma filha de um primeiro casamento. As regras normalmente permitiriam apenas mais um filho no novo casamento, informou o jornal The New York Times. Mas ele teve dois filhos e uma filha com a atual mulher antes que eles se casassem, em 2011.

Diretor de filmes como Lanternas Vermelhas, Herói e O Clã das Adagas Voadoras, Zhang já teve seus trabalhos censurados na China até cair nas graças do Partido Comunista como um símbolo do sucesso cultural do país. Ele comandou as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Leia também:

Casal chinês leiloa a filha para comprar iPhone

(Com agência Reuters)