Clique e assine a partir de 9,90/mês

Atentados contra alvos xiitas matam 41 no Paquistão

Outras 100 pessoas ficaram feridas em ataques em região tribal no noroeste

Por Da Redação - 26 Jul 2013, 15h12

Pelo menos 41 pessoas morreram e outras 100 ficaram feridas em duas explosões contra mesquitas xiitas no noroeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão. Os atentados foram realizados por homens-bomba em motocicletas na cidade de Parachinar, na região tribal de Kurram.

A primeira explosão ocorreu a poucos metros de uma mesquita xiita, perto de um mercado lotado de pessoas que compravam comida para a refeição da noite durante o mês do Ramadã. A segunda explosão aconteceu em seguida perto de outra mesquita na cidade.

Leia também:

Leia também: Ataque mata chefe de segurança do presidente paquistanês

Continua após a publicidade

Ataque matou chefe de segurança do presidente paquistanês. Nenhum grupo se responsabilizou pelo ataque, mas a região é dominada pela comunidade xiita e já foi palco de atentados de militantes sunitas. Desde que o primeiro-ministro Nawaz Sharif prestou juramento no mês passado, o Paquistão sofre uma nova onda de violência sectária. Os xiitas representam pouco mais de dez por cento da população de 180 milhões de habitantes.

(Com agência Reuters)

Publicidade