Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataque do EI deixa cinco mortos em culto xiita na Arábia Saudita

Um atirador abriu fogo, nesta sexta-feira, em um local de culto xiita no leste da Arábia Saudita e matou cinco pessoas antes de ser abatido pela polícia, anunciou o Ministério do Interior do país. “Cinco cidadãos foram mortos, entre eles uma mulher. Outras nove pessoas ficaram feridas”, afirmou o porta-voz do Ministério, em um comunicado.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque nas redes socias. O agressor foi identificado como Shuja al-Dawsari e, segundo a a televisão estatal local Al-Ekhbariya, teria cerca de 20 anos.

Leia também:

Mãe de jovem saudita condenado à decapitação pede ajuda de Obama

Este ataque na localidade de Qatif acontece dois dias antes do início da Ashura, uma das festas mais importantes do calendário xiita.

Uma testemunha relatou à agência France-Presse que o homem armado “começou a atirar de forma aleatória contra as pessoas que ouviam um sermão”. Uma das testemunhas, Hussein al Nemr, afirmou que outro tiroteio foi registrado em outra mesquita da cidade, mas sem deixar feridos.

O início da Achura provocou um reforço da segurança nas zonas xiitas da Arábia Saudita.

Durante as festividades do ano passado, um homem matou com disparos sete fiéis na cidade de Al-Dalwa, no leste do reino.

(Com AFP)