Clique e assine a partir de 9,90/mês

Os melhores restaurantes para comer carnes em Salvador

Confira os destaques da categoria do guia VEJA COMER E BEBER 2018/2019

Por Ana Geisa Lima, Camila Botto, Joana Maltez, Maiana Brito e Marília Simões - 14 jan 2019, 23h55

Carvão – 1º colocado na categoria Carnes

A substância que dá nome ao lugar não é mero combustível para a churrasqueira. O método de preparo empregado pelo chef e proprietário Ricardo Silva é o chamado dirty steak. Nele, as carnes são retiradas da geladeira e assadas diretamente sobre o carvão em brasa — eis o truque para não chegarem à mesa cobertas de cinza. A vantagem da técnica é imprimir um sabor bem mais defumado e uma crosta mais acentuada. Quem encara não quer saber de outra coisa, garante o chef, que não se nega a preparar todos os cortes listados no cardápio na tradicional grelha, movida a carvão e a lenha de aroeira. Os mais aplaudidos são o prime rib extraído de gado angus (R$ 160,00, 500 gramas), o t­-bone (R$ 179,00, 600 gramas) e o bife ancho (R$ 77,00, 300 gramas), que dão direito a duas guarnições. Entre as opções há mil-folhas de aipim (R$ 22,00), feijão-­tropeiro cozido no caldo de carne com bacon e servido com ovo de codorna (R$ 19,00) e purê de couve-­flor (R$ 14,00). A boa cozinha também elabora pratos como o ravióli de queijo de cabra trufado com molho de abóbora assada (R$ 42,00) e o arroz feito em caldo de costela assada a noite toda no forno a lenha, que vem acompanhado de ovo caipira com a gema mole (R$ 69,00). Antes de bater o martelo no prato principal, vale a pena provar a polenta cremosa com cogumelos e parmesão (R$ 21,00) ou o clássico steak tartare (R$ 39,00). Para harmonizar, boas pedidas são o vinho tinto argentino Finca Las Moras Reserva (R$ 99,00) ou o Syrah Vale da Pedra, produzido pela vinícola paulista Guaspari (R$ 179,00). Feche a refeição com o pudim de leite, cuja massa é defumada a frio com nibs de cacau (R$ 24,00). Rua Professor Sabino Silva, 5, Chame-Chame, ☎ 3022-8682 (90 lugares). 12h/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. até 17h; fecha seg.). Aberto em 2017. $$$

Baitachê

Não se engane pelo novo nome: a churrascaria é a antiga Tchê Picanha. O cardápio sugere 26 cortes de carne — entre eles, picanha, alcatra, maminha, fraldinha, costela bovina, cupim, lombo suíno e calabresa apimentada —, todos servidos no rodízio (no almoço, custa R$ 39,90 durante a semana e R$ 49,90 aos sábados e domingos e, no jantar, sai a R$ 35,90 por pessoa). Quem não come carne pode ficar só no bufê de saladas, a R$ 29,90 durante a semana ou R$ 39,90 aos sábados e domingos. A variedade compensa: além das folhas, oferece frios, ovos de codorna, palmito, tomate seco e até sushi. Avenida Dom Eugênio Sales, 9, Boca do Rio, ☎ 3461-3332 (200 lugares). 11h/0h. Aberto em 1992. $$

Barbacoa

Com unidades no Brasil, na Itália e no Japão, a rede especializada em carnes tem mais de vinte anos de carreira em Salvador. O serviço à la carte reúne mais de vinte cortes, a exemplo do bife de chorizo (R$ 85,00). A peça de 350 gramas é assada na brasa e servida com acompanhamento à escolha do cliente — são quinze opções, entre elas o arroz com brócolis. A pedida também dá direito ao farto bufê de saladas. Outro sucesso da casa é a feijoada do chef Raimundo Venceslau, oferecida às quartas e aos sábados em sistema de bufê. Para harmonizar, a carta de vinhos é robusta e lista cerca de 150 rótulos — entre eles, o chileno Casa Silva Reserva Carménère (R$ 108,90). Avenida Tancredo Neves, 909, loja 1, Caminho das Árvores, ☎ 3342-4666 (600 lugares). 11h30/17h e 18h/0h (dom. só almoço 11h30/17h). Aberto em 1999. $$$

Boi Preto Prime – 3º lugar

Além das carnes assadas na brasa, o caprichado rodízio (R$ 129,90) inclui os três bufês complementares: de saladas, de pratos com frutos do mar e de sushis e sashimis. Entre os cortes bovinos servidos à mesa, picanha, alcatra e fraldinha lideram os pedidos, mas vale poupar apetite para as opções de carneiro (costela, carré e paleta), que também fazem sucesso entre os habitués. Dos mais de 300 rótulos disponíveis na adega de vinhos, peça o tinto chileno Ruben & Flora Reserva (R$ 110,00), certeiro na harmonização com carnes. Cobrada à parte, a cocada baiana com sorvete de coco (R$ 18,90) é ótima dica para finalizar. Avenida Octávio Mangabeira, 5095, Jardim Armação, ☎ 3362-8844 e 3371-1429 (350 lugares). 12h/16h e 19h/23h (sex. a dom. sem intervalo). Aberto em 1989. $$$$

Boucherie

Dentro do Shopping Paseo Itaigara, a casa tem ambiente exclusivo, separado da praça de alimentação. Ela opera como um misto de restaurante e butique especializada em carnes — as geladeiras, abarrotadas de cortes especiais, misturam-se com as mesas no salão. O cardápio sugere pedidas como a linguiça italianinha grelhada (R$ 42,00), servida com pão de alho e molho chimichurri, boa para petiscar. A lista inclui ainda o shoulder especial angus, que vem acompanhado da guarnição do dia (R$ 74,00; 250 gramas). Há hambúrgueres também. Para finalizar a refeição, aposte na porção de churros com recheio de doce de leite (R$ 20,00, com quatro unidades). Shopping Paseo Itaigara, ☎ 3271- 7653 (60 lugares). 12h/16h e 18h/23h (seg. só almoço até 16h; sex. e sáb. jantar até 0h). Aberto em 2017. $$$ DOC

American Barbecue

O restaurante, de inspiração americana, trata as carnes com esmero: a cozinha, recém-reformada, é munida de grelha, forno a lenha e equipamentos para defumar ingredientes como o bacon, de produção própria, servido em fatias com molho da casa (R$ 39,90). Peça o brisket (peito bovino defumado; R$ 44,90) com batatas ao forno ou o sirloin (corte traseiro) de black angus (R$ 64,90; 300 gramas) escoltado por risoto de cogumelos — há outras opções de acompanhamento. Durante a happy hour (de terça a sábado, das 18h às 20h), o chope Brahma sai pela metade do preço (R$ 4,45; 350 mililitros). A promoção também é válida às segundas e aos domingos, até 22h. Rua das Dálias, 584, Pituba, ☎ 3451-3773 (220 lugares). 18h/1h (seg. até 0h; sex. até 2h; sáb. 12h/2h; dom. e feriados 12h/0h). Aberto em 2007. $$$

La Parrilla Porteña

Continua após a publicidade

Inspirada na cozinha da Argentina, a casa sugere as tradicionais empanadas (de carne, carne picante, queijo com cebola e porco agridoce; R$ 10,90 cada uma) para abrir o apetite. Para compartilhar, o quarteto de linguiças de costela bovina (R$ 27,00) é servido com farofa e torradas. Na etapa principal, o bife de chorizo (parte do contrafilé; R$ 50,00) é guarnecido de farofa, arroz de brócolis com alho e batatas-bravas. Para harmonizar, a adega acumula mais de quarenta rótulos, cujas garrafas variam de R$ 50,00 a R$ 200,00. Destaque para o chileno Punto Máximo Carménère (R$ 80,00). Avenida Juracy Magalhães, 1624, Mercado do Rio Vermelho, ☎ 2137-2363 (120 lugares). 10h/21h (dom. até 17h). Aberto em 2016. $$

La Pulperia – 2º lugar

As estrelas da casa são as carnes assadas na parrilla, preparadas de acordo com a cartilha argentina. A seleção de cortes inclui o bife ancho (R$ 74,00) servido com duas guarnições entre as dez disponíveis. No mesmo esquema e pelo mesmo preço, o bife de chorizo também faz sucesso entre a clientela. Grupos podem aproveitar para provar a costela portenha assada no bafo (R$ 189,00), que serve até quatro pessoas. Peça cervejas da marca Colorado (R$ 26,00; 600 mililitros) para tabelar com carnes e a panqueca de doce de leite com sorvete (R$ 29,90) para finalizar a refeição. Rua Novo Horizonte, 39, Acupe de Brotas, ☎ 3116-4396 (110 lugares). 12h/16h e 19h/23h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2012. $$

Outback Steakhouse

Sucesso de público em diversas partes do Brasil, essa rede de steakhouses com temática australiana tem entre suas especialidades a ribs on the barbie, macia costela de porco em molho barbecue (R$ 61,90, para duas pessoas). Outra estrela do cardápio é a bloomin’ onion, cebola gigante empanada em formato de flor e servida com molho à base de alho e raiz-forte (R$ 49,50), ótima pedida para petiscar em grupo. Também é comum clientes compartilharem a sobremesa — destaque para o thunder from down under, brownie com sorvete de baunilha, calda de chocolate e chantili (R$ 29,00, para duas pessoas). Refrigerantes e o chá gelado têm refil à vontade. Shopping da Bahia, ☎ 3450-1280 (270 lugares). 12h/15h e 17h/22h30 (sex. até 23h30; sáb. até 0h; dom. até 22h); Shopping Barra, ☎ 3037-0138 (240 lugares). 12h/15h e 17h/23h30 (sáb. até 0h; dom. até 22h). Aberto em 2008. $$

Parrilla do Farol

Não é difícil identificar o acento argentino deste restaurante: a tradicional parrilla é separada do salão apenas por um janelão de vidro, e são preparados ali os carros-chefe da casa, as carnes. Batizada de recoleta, uma das entradas do menu traz queijo branco assado com chimichurri e cesta de pães (R$ 36,90). O trio t-bone, chorizo e filémignon (R$ 189,00, para três pessoas) e o bife ancho (parte do contrafilé; R$ 74,90) são servidos com dois acompanhamentos à escolha (batatas, arrozes, farofa ou saladas variadas). Panqueca de doce de leite com sorvete e farofa de castanha (R$ 29,90) pode encerrar a refeição. Avenida das Dunas, 2, Farol de Itapuã, ☎ 3286-5589 (100 lugares). 12h/16h e 19h/23h (dom. a ter. só almoço até 16h). Aberto em 2016. $$$$

A Porteira

De frente para o Dique do Tororó, abra os trabalhos com o bolinho de aipim com queijo (R$ 21,00, cinco unidades) ou com o pastel de carne de sol com queijo de coa lho (R$ 9,90). As carnes, estrelas do cardápio, são assadas na brasa, como é o caso do t-bone de angus — corte com osso que reúne partes do chorizo e do filé-mignon —, que chega à mesa guarnecido de purê de aipim, arroz branco e feijão-tropeiro (R$ 116,00, para duas pessoas). Com os mesmos acompanhamentos dá para pedir a carne de sol de alcatra angus, uma peça de 800 gramas que serve até quatro pessoas (R$ 154,00). Cervejas como Stella Artois (R$ 15,60; 550 mililitros) podem ladear a refeição. Para encerramento, boa opção é o creme de papaia com cassis (R$ 17,20), um clássico das churrascarias. Avenida Vasco da Gama, s/nº, Dique do Tororó, ☎ 3382- 7808 (200 lugares). 11h30/23h (seg. e ter. só almoço até 16h; dom. e feriados até 21h); Avenida Dom Eugênio Sales, 96, Boca do Rio, ☎ 3461-3328 (300 lugares). 11h30/23h (seg. e ter. só almoço até 16h; dom. e feriados até 21h). Aberto em 1985. $$

Sagaz Assador

A cozinha espanhola dá o tom do cardápio, que tem como sugestão de entrada o tutano assado no forno a lenha, com molho chimichurri e torradas (R$ 20,00), e o polvo à galega (R$ 53,00), temperado com ervas e páprica, escoltado por batata. Entre os principais, o txuletón (R$ 109,50) é uma parte do contrafilé com osso maturada a seco por quarenta dias e servida com arroz à mineira. Da carta de vinhos, peça o tinto Rio Sol (R$ 58,00) do Vale do Francisco, de bom custo-benefício. A panqueca de doce de leite (R$ 24,00) assada no forno a lenha chega à mesa com uma bola de sorvete artesanal de baunilha. Rua João Gomes, 148, Rio Vermelho, ☎ 3036- 0033 (50 lugares). 12h/15h e 18h/23h (dom. só almoço até 16h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2016. $$$

CARNES/RODÍZIO

Sal e Brasa

Trabalha em sistema de rodízio (R$ 69,90 por pessoa) com mais de vinte opções de carne, bufê de saladas (que inclui sushi e sashimi) e massas preparadas na hora. Além das concorridas picanha e alcatra, cortes nobres como a costela prime e o bife ancho também fazem sucesso no salão. Para harmonizar, a sugestão é o Lote 13 (R$ 109,90), da vinícola Marco Luigi, de Bento Gonçalves (RS), produzido com uvas merlot, marselan e malbec. Para adoçar, espie as opções do carrinho de sobremesas que circula entre as mesas. O petit gâteau flambado na hora (R$ 23,90) é campeão de pedidos. Rua Caribamba, 917, Pituaçu, ☎ 3461-1999 (500 lugares). 11h30/23h30 (sex. e sáb. até 0h; dom. até 23h). Aberto em 2001. $$$

Continua após a publicidade
Publicidade