Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Os melhores restaurantes japoneses do Rio de Janeiro

A lista integra o guia VEJA RIO COMER & BEBER 2019 dedicado à gastronomia da carioca

Por Bruna Velon, Carolina Barbosa e Pedro Tinoco 31 jul 2019, 00h01

Azumi

Empreitada tradicional e familiar, a casa fundada pelo japonês Isao Ohara é administrada por sua filha, Alissa, e tem no extenso menu receitas criadas pela matriarca, Yuniko. Nos bancos do balcão, nas mesas próximas umas das outras ou nas salas privativas, o visitante encontra sugestões como ussuzukuri, finas fatias de peixe branco ao molho ponzu, e ika sautée, um salteado de lula e shiitake (R$ 90,00 cada pedido). As opções, listadas às centenas, incluem ainda combinados a preços entre R$ 110,00 (22 peças) e R$ 410,00 (noventa peças), preparos de lámen (o yasai tan-men, com vegetais, custa R$ 45,00) e, para a sobremesa, bolo de chá- verde (R$ 25,00). Rua Ministro Viveiros de Castro, 127, Copacabana,2295-1098 (70 lugares). 12h/15h30 e 19h/0h. Abertoem 1989. Aqui tem iFood. $$$

Deusimar Sushi

Os quatro endereços, dois no Leblon, um na Gávea e outro em Ipanema, têm o mesmo tamanho pequenino de salão, com capacidade para doze lugares, e cardápio desenvolvido por um experiente sushiman. Dono do negócio, o baiano Deusimar Coelho trabalha na área desde a década de 80. São sugestões de entrada as porções de edamame (R$ 28,00) e de shimeji (R$ 34,00). O combinado com trinta peças de salmão eatum é servido por R$ 113,90. Na hora da sobremesa, a dupla de harumaki de chocolate sai a R$ 21,80. Rua Marquês de São Vicente, 67, Gávea, ☎ 2239-3876 (12 lugares). 12h/1h; Rua General Urquiza, 188, loja B, Leblon,2511-0157 (12 lugares). 18h/1h. Mais dois endereços. Aberto em 2004. Aqui tem iFood. $$

Gurumê

A rede de cozinha oriental contemporânea foi vencedora na categoria casual moderno da última VEJA COMER & BEBER. Neste ano, abriu sua quinta filial, no RioSul Shopping. A fórmula é certeira: ambiente descolado e preços atraentes para apreciadores de receitas pouco convencionais, como os cubos de atum coroados por burrata, pesto, panko e um toque de parmesão (R$ 34,00, cinco unidades). Na ala dos quentes figura o filé-mignon ao teriyaki com gengibre, shiitake, pupunha e aspargo (R$ 56,00). RioSul Shopping, 1º andar, Botafogo,3873-1016 (140 lugares). 11h30/23h (sex. até 0h; sáb. 12h/0h; dom. 12h/22h). Mais quatro endereços. Aberto em 2014. $$

Haru Sushi Bar

Fica na entrada de uma galeria, com poucas mesas na calçada. No menu, o bun de porco crocante, sunomono (pepino agridoce), picles de cebola-roxa e aïoli de wasabi (R$ 28,00, duas unidades) pode dar as boas- vindas. Os sashimis, entre R$ 18,90 e R$ 25,90 cada cinco unidades, podem ser elaborados com buri, robalo, namorado, atum. Na ala dos combinados, vale investir no criativo omakase hitori (R$ 99,50, dezenove peças). Ele costuma ter vieiras, ostras e iguarias trazidas do Japão. Se a preferência é pelos pratos quentes, o shoyu rámen (R$ 39,00) se destaca nesse setor. Rua Raimundo Correa, 10, Copacabana,2547-6867 (22 lugares). 12h/23h30 (dom. 17h/ 23h30). Aberto em 2014. Aqui tem iFood. $

Japa B

Concorrido destino para apreciadores de rodízio, o endereço capitaneado pelo chef Nao Hara prepara dois serviços: o básico (R$ 69,00 a R$ 85,00, a depender da refeição e do dia da semana) e o completo (por R$ 10,00 adicionais ao preço vigente do rodízio básico). A segunda opção inclui extras como tempurá de lula, espeto de camarão e sashimi de barriga de salmão. Quem prefere o à la carte tem, entre as sugestões, combinado de 42 peças (R$ 127,50) e arroz frito com frutos do mar, legumes e ovo (R$ 42,00). Na lista de duplas do chef está a de salmão maçaricado com gema de ovo de codorna e azeite trufado (R$ 23,00). Rua J.J. Seabra, 10, Jardim Botânico,2530-0675 (100 lugares). 12h/0h (seg. 19h/0h). Aberto em 2015. Aqui tem iFood. $$

Miako

Com quase cinquenta anos de história, o ponto resiste sem se entregar aos modismos, dedicando-se a preparos tradicionais. O salão tem um autêntico clima oriental, da decoração aos clientes asiáticos, sempre presentes. Para abrir os trabalhos, há trinta variedades de espetinho, como o de asa de frango (R$ 8,00 a unidade) e o de ostra (R$ 20,00, duas unidades). A ala de peixes crus oferece o trivial — salmão, atum e peixe branco –, que pode ser apreciado no combinado especial para duas pessoas (R$ 180,00). É mais interessante explorar os quentes, caso das versões de lámen (R$ 58,00 cada uma). Rua Farani, 20, Botafogo,96895-1105 (98 lugares). 12h/15h30 e 18h30/23h (fecha dom.). Aberto em 1972. $$

Minimok

O prefixo “mini” faz justiça aos salões das três unidades, pequenas, mas aconchegantes. Todas têm opções à la carte e rodízio (R$ 85,00). Um dos hits da marca na seção de entradas é o duo de vieiras grelhadas com caldo dashi morno (R$ 34,00). No rol de combinados estão o de sashimis da estação (R$ 36,00; sete unidades) e o sagakura (R$ 176,00; 42 peças). De segunda a sexta há menu executivo. A fórmula com duas entradas e prato principal custa R$ 54,00. Rua Vinícius de Moraes, 121, Ipanema,2523-7026 (36 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. 13h/23h). Mais dois endereços. Aberto em 2001. Aqui tem iFood. $$

Mitsuba

Com dois andares, a tradicional casa da Tijuca dispõe de uma grande variedade de pescados para as criações do sushiman Eduardo Nakahara. No início da refeição, o ebi-haru (R$ 22,00 a dupla), rolinho de camarão, alho-poró e catupiry, divide as atenções com o guioza de lombo suíno e nirá (R$ 26,00, cinco unidades). Campeões de pedidos, os combinados do chef podem ir à mesa com 25, cinquenta ou 75 peças (R$ 126,00, R$ 236,00 e R$ 319,00, respectivamente). Entre os itens disponíveis figura o hirame ponzu, linguado com shoyu cítrico levemente picante. Ao final, o harumaki romeu e julieta traz a clássica fusão de goiabada e catupiry, com direito a sorvete de queijo (R$ 29,00). Rua São Francisco Xavier, 170, Tijuca,2264-0274 (50 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 2004. Aqui tem iFood. $$

Naga (campeão de 2019)

Continua após a publicidade

Desde que atravessou a ponte aérea, a filial do grupo paulistano Nagayama caiu no gosto dos cariocas e não perdeu nenhuma eleição de COMER & BEBER por aqui — o prêmio atual é o quarto consecutivo no Rio. Reduto do maître Felipe Ishihama e do chef Raul Ono, o elegante espaço abriga o enorme sushibar, que atravessa o salão com catorze lugares e oito sushimen no manuseio preciso de peixes e frutos do mar fresquíssimos, recebidos diariamente. Eles são postos à prova em peças finas e bem apresentadas, como o escalope de vieira passada no azeite (R$ 89,00), o ussuzukuri de salmão selvagem com molho ponzu (R$ 89,00) e sushis variados. Servidos em duplas, podem vir com cobertura de pargo (R$ 18,00), arenque (R$ 22,00), lagostim (R$ 35,00), ouriço (R$ 38,00), enguia (R$ 42,00) e centola (R$ 49,00). Os makimonos, ou enrolados, são bem representados pelo pantanal: salmão, centola, camarão, cebolinha e ovas de capelim envoltos em uma lâmina crocante de pepino (R$ 38,00, seis unidades).

Da ala quente, há no cardápio algumas delícias difíceis de encontrar por aí. É o caso do kakiague de milho doce, frito na farinha japonesa (R$ 34,00), e do aguemono de camarão, outro típico empanado japonês (R$ 115,00). Aposte também nos tempurás, sequinhos e crocantes, que vêm em duplas com peixe branco (R$ 17,00) e vieira (R$ 32,00), entre outras opções. Dica amiga para economizar no almoço de segunda a sexta, o serviço executivo permite montar uma refeição completa por R$ 85,00. Qualquer pedida por aqui cairá ainda melhor se for harmonizada com um dos vinte rótulos da carta de saquês, assinada pela premiada especialista Yasmin Yonashiro. Avenida das Américas, 3900 (Shopping Village Mall), Barra,3252-2698 (150 lugares). 12h/16h e 19h/0h. Aberto em 2013. $$$

Shiso

O bar de saquês deste restaurante do hotel Grand Hyatt recebe os clientes logo na entrada. Pode-se fazer uma degustação de três rótulos da bebida por R$ 79,00. Uma boa escolha é acomodar-se no sushibar e acompanhar os preparos da chef Miriam Moriyama. Para iniciar, há as tradicionais robatas (espetinhos feitos no carvão), como a de sobrecoxa de frango com teriyaki (R$ 16,00). Adiante, os combinados podem variar de quinze (R$ 89,00) a 32 peças (R$ 170,00). A degustação de cinco etapas, com surpresas da chef, custa R$ 255,00 ou R$ 385,00, na sequência harmonizada com saquê. Avenida Lúcio Costa, 9600 (Hotel Grand Hyatt), Barra,3797-9523 (65 lugares). 19h/0h (ter., qua. e dom. até 23h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$$

Soho

A marca de Salvador aportou no Rio em cenário de cartão-postal: a Marina da Glória, com direito a mesas na varanda e vista para o centro da cidade. Recentemente, o menu japonês ganhou toques contemporâneos do chef Marcelo Fugita. A apresentação do sashimi de lagosta, servido na casca do crustáceo com trufa negra, massagô (ovas de peixe) e molho havaiano (R$ 80,00), impressiona. Na ala dos quentes, vale investir no arroz de frutos do mar (R$ 62,00). Há, também, opção de rodízio, com mais de vinte itens para comer à vontade, por R$ 89,00 (seg. a sex., 12h/16h) ou R$ 99,00 (qua. 16h/23h). Marina da Glória, loja 101, Glória,2237-9159 (183 lugares). 12h/0h (seg. até 16h; ter. e qua. até 23h; dom. 13h/21h). Aberto em 2016. $$$

Soy

Pequenina, a empreitada do experiente sushiman e consultor Carlos Ohata tem como carros-chefe os combinados de sushi e sashimi. Seleções do chef com peixes e ingredientes do dia são preparadas com quinze (R$ 59,00), 26 (R$ 97,00) e quarenta peças (R$ 151,00). Novidade em cartaz, o karê rice é um arroz com curry à moda japonesa, elaborado com cebola, batata e filémignon (R$ 42,00). Também faz sucesso o lámen com barriga de porco e legumes (R$ 42,00). Para adoçar, há pudim de chá-verde (R$ 13,00). Rua Santa Clara, 33-B e C, Copacabana,2235-4000 (44 lugares). 12h/16h e 18h30/0h (sex. 12h/16h30 e 18h30/1h; sáb. 12h/1h; fecha dom.). Aberto em 2016. Aqui tem iFood. $$

Sushi Leblon

Uma das pioneiras da culinária japonesa na cidade, a casa foi inaugurada pelo esportista Pedro Paulo Guise Carneiro Lopes, o Pepê (1957-1991), em 1986. Frequentada por celebridades — Madonna e Tom Cruise integram a lista de visitas ilustres —, ela constantemente adiciona inovações ao seu extenso menu. Para começar, o gunkan maki (R$ 26,00) traz sushi de king crab temperado. No tuna taco (R$ 24,00), atum e guacamole chegam envoltos por alga crocante. A receita batizada de sashimi morno (R$ 68,00) reúne peixe, vieira, camarão ao molho cítrico e um toque final de azeite extravirgem quente. Na sobremesa, o minicake de chá-verde leva ganache de chocolate branco, amendoim e calda de maracujá (R$ 25,00). Rua Dias Ferreira, 256, Leblon,2512-7830 (99 lugares). 12h/1h30 (dom. 13h/0h; seg. 12h/16h e 19h/1h30). Aberto em 1986. Aqui tem iFood. $$$

Temakeria e Cia

Famosa rede paulistana de comida japonesa, orgulha-se do título de “maior compradora de salmão do Brasil”. O negócio chegou ao Rio em 2018 e reproduz as filas de espera dos endereços de São Paulo. Apesar do nome, hoje o forte da casa é o rodízio, que agora conta com o chef Juca Paes Leme (ex-Pousada Zé Maria, em Fernando de Noronha) para incrementar o menu com surpresinhas diárias. De segunda a quinta custa R$ 84,90. Entre sexta e domingo e nos feriados, o preço sobe para R$ 94,90. Na lista das sugestões à la carte está o marinado temakeria: finas fatias de atum e salmão com azeite trufado, limão e shoyu (R$ 54,90). Rua Joana Angélica, 183, Ipa-nema,3437-4976 (82 lugares). 12h/0h. Aberto em 2018. Aqui tem iFood. $$

Ten Kai

O japonês de renome passou por mudanças, exceto na matriz do centro, que segue firme há 25 anos. Em 2018, a unidade mais famosa, a de Ipanema, encerrou suas atividades. Neste ano, no entanto, nasceu um novo ponto no Horto, cujo espaço se resume ao balcão do sushibar e a algumas mesinhas na calçada (o foco é o delivery). No endereço principal, o atum selado com gema de ovo de codorna e missô (R$ 48,00, cinco fatias) e o furai de filé-mignon (pedaços de carne à milanesa; R$ 62,00) podem compor uma refeição pelo cardápio. Para a fórmula do executivo há sugestões de combinados e de chirashis, o “poke japonês”: a opção com doze fatias de sashimis variados sobre base de arroz custa R$ 70,00. Rua Senador Dantas, 75, loja H, Centro, 2240-5898 (24 lugares). 11h/16h (fecha sáb. e dom.); Rua Von Martius, 325-E, Jardim Botânico,3563-5480 (30 lugares). 12h/16h (fecha dom.). Aberto em 1994. $$

Togu

Tem espaço compacto e cozinha de toques contemporâneos. Um bom começo é explorar a nova carta de drinques. O cítrico fly me to the moon leva saquê, xarope de framboesa, limão-siciliano e aroma de hortelã (R$ 29,00). No mix de entradas há guioza de carne-seca, harumaki de moqueca, tartare de salmão e crepe de pato (R$ 57,00, duas unidades de cada item). Clássico da casa, o atum semi-grelhado é acompanhado de arroz com shiitake e nirá, teriyaki e salsa verde (R$ 65,00). Também se pode optar pelos combinados (o de 36 peças custa R$ 149,00) ou pelo rodízio (R$ 100,00), disponível de sábado a quinta até 21h. Rua Dias Ferreira, 90-B, Leblon,2294-2749 (44 lugares). 12h/1h (seg. a partir de 19h; sáb. a partir de 13h; dom. 13h/0h). Aberto em 2003. Aqui tem iFood. $$

Yumê

Ocupa um casarão tombado pelo Patrimônio Histórico. Dividido em cinco ambientes, conta com sushibar, salas privativas, espaço zen com teto retrátil e lago de carpas. O mix de entradas do endereço reúne camarão crocante, trouxinha de frango, kanidama (guioza recheado com kani, ova de peixe, cenoura e cream cheese) e harumaki (R$ 88,00). A lula com recheio de shimeji, mussarela de búfala e manjericão é a opção quente mais pedida (R$ 78,00). Na ala fria, tem ussuzukuri de hadoque (R$ 98,00) e dupla de sushi de enguia (R$ 42,00). Rua Pacheco Leão, 758, Jardim Botânico,3205-7321 (160 lugares). 18h/1h (seg. até 0h; sex. e sáb. 12h/2h; dom. e feriados 12h/0h). Aberto em 2005. Aqui tem iFood. $$$

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)