Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Os melhores restaurantes de cozinha variada no Rio de Janeiro

A lista integra o guia VEJA COMER & BEBER dedicado à cidade e inclui também restaurantes de cozinha alemã, espanhola, grega, judaica e latina

Por Mariani Campos 31 jul 2019, 01h00

Érico

Batizado com o nome da via onde está instalado, o elegante reduto, com pratos de inspiração italiana, funciona no imóvel que abrigava a loja e importadora de vinhos Cavist. De entrada, o carpaccio de rosbife chega à mesa com mostarda de Dijon, crispy de cebola e torradas (R$ 39,00). A cavaquinha grelhada é servida com nhoque de abóbora em fonduta de queijo gruyère e semente de abóbora com páprica picante (R$ 112,00). Outra sugestão do menu traz polpetone recheado de queijo caciocavallo com molho de tomate, guarnecido de linguine na manteiga e sálvia (R$ 59,00). Para finalizar, tem panacota com coulis de frutas vermelhas (R$ 25,00). Avenida Érico Veríssimo, 901, Barra,3435-7594 (60 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. até 18h; fecha seg.). Aberto em 2018. Aqui tem iFood. $$

Fresh & Good

O negócio começou como catering, em 2013, mas ganhou endereço próprio, um casarão de três pisos com varanda. O espaço oferece sucos, saladas, quiches e sobremesas prontos para consumo, e, ainda, uma deli com produtos variados. No cardápio, vale explorar as opções de brunch, nas quais o ovo é a estrela, a exemplo do mollet gratinado com espinafre sauté, acompanhado por torradas de pão de fermentação natural ou sem glúten (R$ 30,00). O peixe com purê de batata-doce, pesto e tomate assado (R$ 46,00) consta do menu do almoço. À noite tem risoto de camarão e alho-poró (R$ 78,00). Rua Garcia d’Ávila, 56, Ipanema,3796-4163 (60 lugares). 9h/23h (seg. 9h/17h; sex. até 0h; sáb. 8h30/0h; dom. 8h30/22h). Aberto em 2018. Aqui tem iFood. $

Galeteria BarGalo

Este é o novo nome do Bingo Bar e Restaurante, que mudou o letreiro na fachada e adquiriu uma churrasqueira, na qual são assados galetos e outros tipos de carne. Os franguinhos saem em sete versões, do preparo simples (R$ 19,00) ao à campanha (R$ 49,00) ou à francesa (R$ 55,00). Entre os cortes bovinos há picanha (R$ 125,00) e alcatra (R$ 85,00), guarnecidas de arroz, feijão, farofa de ovo, fritas e vinagrete. Do antigo cardápio permanece o risoto de costela com agrião (R$ 50,00), além da clássica feijoada completa (R$ 72,00). Todos os pratos principais satisfazem duas pessoas. Rua Lopes Quintas, 93, Jardim Botânico,2294-5498 (66 lugares). 8h/0h (sáb. a partir de 8h30; dom. 8h30/23h). Aberto em 2019. $

Garden

Em frente ao canal do Jardim de Alah, a casa de esquina costuma realizar eventos temáticos ao longo do ano, como o que celebra as receitas com camarão. Do cardápio fixo, os preparos mais pedidos são a paella de frutos do mar, com arroz de açafrão, camarão, lula, polvo e cherne (R$ 259,00, para até quatro pessoas), e a paleta de cordeiro assada (R$ 197,00, para dois), servida com molho de hortelã e batata ao forno. Na seção de abre-alas, a casquinha de siri (R$ 28,00) divide as atenções com os pastéis feitos com recheio de queijo, carne ou camarão (R$ 6,60 cada um). Ao final, o pudim de leite (R$ 19,50) é preparado da mesma forma que na inauguração do estabelecimento, em 1955. Rua Visconde de Pirajá, 631, loja B, Ipanema,2259-3455 (100 lugares). 12h/1h (dom. até 18h). Aberto em 1955. $$

Guimas

A agradável varanda coberta por toldo verde é um dos cartões-postais do Baixo Gávea. No salão da casa, as paredes são estampadas com desenhos feitos por clientes, que podem usar giz de cera sobre as toalhas de papel das mesas. Em cartaz desde a abertura estão o arroz de pato (R$ 78,00) e o filé boursin ao molho de vinho tinto, mostarda escura e cebola, escoltado por pera ao vinho branco (R$ 76,00). O clássico steak tartare com fritas (R$ 56,00) tem dia e hora para aparecer: às sextas, de 12h a 17h. Para refrescar a boca,o estabelecimento lançou a sangria de vinho do Porto rosé ou branco (R$ 68,00 a jarra de 750 mililitros). Rua José Roberto Macedo Soares, 5, Gávea, 2259-7996 (50 lugares). 12h/1h. Aberto em 1981. $$

Jojô Café Bistrô

Em um imóvel avarandado, divide a esquina com o Jardim Botânico. O verde do parque contrasta com o cor-de-rosa da casa, que tem mesas na calçada. No salão, é possível sentir o cheiro das receitas da chef e proprietária Joana Carvalho, como a ciabatta de farinha orgânica. Servidas na versão bruschetta, as fatias desse pão podem sair da cozinha com ragu de cogumelos e lascas de Parma (R$ 45,00, quatro unidades). Também faz sucesso o polvo com batata assada e páprica picante (R$ 73,00). Na happy hour das quintas, há ostras a partir de 18h. Doze unidades do molusco mais duas taças de espumante custam R$ 73,00. Rua Pacheco Leão, 812, Jardim Botânico,3565-9007 (46 lugares). 18h/1h (sáb. 13h/1h; dom. 13h/20h; fecha seg.). Aberto em 2011. $$

Lorenzo Bistrô

O negócio de Janjão Garcia, também à frente da quase vizinha Casa Carandaí, ocupa um imóvel de esquina de três andares. Os espaços mais disputados são a varanda e o terraço com vista para o Corcovado. Da cozinha, de inspiração francesa e italiana, saem o polvo com duo de batatas, tomate assado e aïoli de pimentão vermelho (R$ 69,00) e o ravióli de abóbora ao triplo burro, com carne-seca crocante e azeite trufado (R$ 54,00). Garrafas vazias de vinhos raros fornecem uma pista sobre um trunfo local: a carta com mais de 100 rótulos de onze países. Uma das sugestões é o italiano Pinot Grigio Re Teodorico 2017 (R$ 89,00). Rua Visconde de Carandaí, 2, Jardim Botânico, 2294-7830 (100 lugares). 12h/23h (sex. até 0h; sáb. 13h/0h). Aberto em 2008. Aqui tem iFood. $$$

O Navegador

O nome tem tudo a ver com a proposta: a chef Teresa Corção navega pelas cinco regiões do país em busca de ingredientes de pequenos produtores. No elegante salão, no último piso do Clube Naval, o toque brasileiro começa já no couvert (R$ 15,00), que traz pão de queijo meia cura da Serra do Salitre (MG). De principal, há tutu de feijão com ovo caipira estalado na manteiga, crisp de couve e arroz (R$ 62,00) e carne de sol feita na casa ao molho de cebola, escabeche de ervas e pancs, servida com farofa bolão e salada de tomate (R$ 69,00). As doçuras sazonais do carrinho de sobremesas custam R$ 18,00 cada uma. Avenida Rio Branco, 180, 6º andar, Centro,2262-6037 (114 lugares). 11h30/15h30 (fecha sáb. e dom.). Aberto em 1975. Aqui tem iFood. $$

Nola

O endereço é badalado, vizinho a outras casas de sucesso na Dias Ferreira. A cozinha do chef Thiago Sodré explora a comfort food e traz, entre as novidades, um waffle de pão de queijo com cream cheese e chutney de tomate (R$ 19,00). Outra estreante, a salada de cuscuz marroquino leva queijo feta, grão-de-bico crocante e iogurte com páprica (R$ 39,00). Adiante, o steak de filémignon faz par com o risoto carbonara (R$ 60,00). A refeição pode ganhar sabores finais com a cheesecake de banana ao doce de leite (R$ 24,00), cuja massa é feita do biscoito Leite Maltado (ou “biscoito da vaquinha”), da Piraquê. Rua Dias Ferreira, 247-A, Leblon,2274-5590 (70 lugares). 12h/1h (seg. a qua. até 0h; dom. até 23h). Aberto em 2017. Aqui tem iFood. $$

Continua após a publicidade

ALEMÃO

Adega do Pimenta

Carro-chefe, o indefectível joelho de porco, cozido (R$ 81,90), defumado (R$ 86,90) ou grelhado (R$ 84,90), serve até três pessoas. O corte dá direito a uma guarnição, como salada de batata e chucrute. No endereço do Centro pode-se apreciar a feijoada de feijão-branco com carnes alemãs (R$ 78,50, para dois) às sextas e aos sábados. Na matriz, a novidade é a carta de cervejas. A munich dunkel da Antuérpia, uma das opções, custa R$ 25,90 (500 mililitros). Rua Almirante Alexandrino, 296, Santa Teresa, ☎ 2224-7554 (42 lugares). 12h/22h (sáb. até 20h; dom. e feriados até 18h); Praça Tiradentes, 6, Centro, ☎ 2507-5293 (74 lugares). 11h30/20h (sáb. 12h/17h; fecha dom. e feriados). Aberto em 1984. Aqui tem iFood. $

ESPANHÓIS

Adega Santiago

O lugar tem origem paulistana, cozinha ibérica e uma vista bem carioca. Localizado no terraço do VillageMall, o restaurante de tapas se debruça sobre a paisagem da Lagoa da Tijuca. A ideia é promover um intercâmbio entre Portugal e Espanha por meio de vinhos (120 rótulos) e culinária. Um dos pontos altos, o balcão de pescados expõe itens como a vieira na concha (R$ 17,00 a unidade) e o salmão marinado (R$ 49,00). No menu executivo é possível experimentar alguns clássicos da casa, como o arroz de pato (R$ 69,00, com entrada e sobremesa). VillageMall, piso L2, Barra, 3900-1605 (120 lugares). 12h/0h (seg. 12h/15h e 18h/23h; ter. e qua. 12h/15h e 18h/0h). Aberto em 2018. Aqui tem iFood. $$

Shirley

Por trás da fachada simples e do pequeno ambiente estão pescados nobres, expostos à clientela e utilizados em receitas da casa há mais de sessenta anos. Apesar das raízes espanholas, o nome é uma homenagem à atriz americana Shirley Temple. Para abrir o apetite, o mexilhão ao vinagrete (R$ 35,00) consta entre os preferidos dos frequentadores, assim como a sardinha escabeche (R$ 28,00). A maioria dos pratos leva badejo, que pode chegar à mesa em salsa bilbaína (azeite, alho, vinho e pimenta) por R$ 98,00. No tom da casa, a crema catalana (R$ 19,00) figura na seção de sobremesas. Rua Gustavo Sampaio, 610-A, Leme,2275-1398 (43 lugares). 12h/1h. Aberto em 1954. $$

GREGOS

Oia

Quarto dos sete restaurantes abertos pelo Grupo 14Zero3 em três anos, tem um menu que reflete as viagens do restaurateur Leonardo Rezende pelo mundo. A gastronomia mediterrânea é a inspiração para receitas do chef executivo Elia Schramm. De entrada, uma das sugestões traz camarão envolto em massa cabelo de anjo, emulsão de salsinha e iogurte de especiarias (R$ 49,00). O tenro polvo grelhado com purê de grão-de-bico, “chimichurri” grego e redução de balsâmico e mel (R$ 84,00) está na lista de pratos principais. Rua Barão da Torre, 340, Ipanema,3201-6529 (80 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h; dom. até 23h). Aberto em 2017. Aqui tem iFood. $$

Vokos

A ilha grega de Hidra serviu de inspiração para o ambiente, decorado com elementos azuis, brancos e de madeira. A cozinha passou por mudanças com a chegada do chef Rafael Scatolin, mas manteve as influências mediterrâneas. Com emulsão de limão-siciliano, gengibre e gotas de maracujá, o crocante de camarão é uma das novas opções de entrada (R$ 48,00). A etapa principal elenca a clássica mussaká: lâminas de berinjela, ragu de carne, molho béchamel gratinado com parmesão e queijo feta (R$ 55,00). Na carta de vinhos é possível escolher rótulos gregos. O Amethystos Blanc, um blend de sauvignon blanc e assyrtiko, sai a R$ 136,00. Rua Dias Ferreira, 135, Leblon,3205-6792 (56 lugares). 12h/0h (seg. 19h/0h). Aberto em 2017. Aqui tem iFood. $$ 

JUDAICO

Gutessen

O negócio familiar, iniciado por três irmãs com o caderno de receitas da mãe, funciona em um sobrado tombado no Humaitá. Com sabores afetivos da culinária judaica, o cardápio é enxuto. Na lista de entradas consta a tradicional sopa fria de beterraba com creme de leite (R$ 4,50 a pequena; R$ 13,00 a grande), chamada de borsch. As sugestões de principal são o varenique, massa recheada com batata (R$ 26,00), e o klops, um bolo de carne acompanhado por farfel (um talharim picado), cenoura caramelada e salada (R$ 36,00). O bolo de mel (R$ 9,50) e a torta de ricota (R$ 11,00) adoçam o paladar. Rua Visconde de Caravelas, 148, Humaitá, 2294-2053 (25 lugares). 11h/18h (fecha seg.). Aberto em 2012. Aqui tem iFood. $

LATINO

Una

A mais recente novidade no polo gastronômico da Praça da Bandeira tem cozinha latina. Chef e proprietária da casa, Polly Marinho se inspirou em suas viagens para compor o ambiente, repleto de cores, e o menu. A papa rellena (R$ 6,00 a unidade) pode abrir os trabalhos à mesa. Trata-se de um croquete de batata recheado com espinafre e queijo cremoso. No colombiano pescado da fronteira (R$ 38,00), um peixe assado em folha de bananeira ganha a companhia de arroz de coco queimado. O almoço executivo sai por módicos R$ 19,90. Rua Barão de Iguatemi, 288, Praça da Bandeira,4129-1954 (50 lugares). 11h30/23h (seg. e ter. até 17h; dom. 12h/17h). Aberto em 2018. $

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)