Clique e assine a partir de 9,90/mês

Os melhores restaurantes de comida regional em Cuiabá

A seleção faz parte da terceira edição de VEJA COMER & BEBER Cuiabá na cidade

Por Ana Flávia Corrêa, Lidiane Barros, Luly Zonta, Maria Clara Cabral, Mariani Campos, Rodrigo Meloni e Rodivalho Ribeiro - 20 Maio 2019, 12h56

Acácia Cozinha de Família

Em uma casa antiga reformada, o restaurante ocupa três salas amplas. Enquanto beberica a soda cuiabana, preparada com água com gás, xarope de guaraná e limão (R$ 9,00, 400 mililitros), o público pode apreciar obras de artistas locais. No cardápio predominam sugestões de jeitão caseiro, como o bife à parmegiana ou o filé acebolado (R$ 28,90). Mais elaborado, o bife de chorizo vem acompanhado de risoto de três queijos: do reino, parmesão e de coalho (R$ 75,00). Para encerrar a refeição, o público costuma pedir o brownie de chocolate com sorvete de creme e farofa crocante (R$ 15,00). Rua 24 de outubro, 584, centro, 3025-2323 (60 lugares). 11h30/14h30 (fecha dom.). Aberto em 2015. $$

O Bode Chic

As noites de sexta-feira costumam ser agitadas: o forró predomina no som ambiente e os clientes aproveitam a festa. Para animar a dança, o público brinda com cerveja Brahma (R$ 8,50 a garrafa) e doses de cachaça de jenipapo, murici ou tamarindo (R$ 5,00 cada uma). O cardápio relaciona sugestões de acento nordestino, como a buchada de bode (R$ 79,90), o baião de dois (R$ 69,90) e o camarão no jerimum (R$ 109,90), todos para até três pessoas. Carne-seca com macaxeira e bolinho frito recheado com carne de bode são algumas das opções incluídas no rodízio de petisco, servido de terça a quinta-feira (R$ 29,90 por pessoa). Avenida Camboriú, 175, Parque Geórgia, 3661-0779 (300 lugares).18h/22h (sex. até 1h30; sáb. e dom. só almoço 11h/17h; fecha seg.). Aberto em 2016. $$

Regionalíssimo

À beira do Rio Cuiabá, este endereço tradicional da cidade funciona há mais de 35 anos. Cuiabanos e turistas chegam em busca de pratos à base de peixe, caso da ventrecha de pacu frita e a mojica de pintado. As receitas do chef Jean BIancardini são alinhadas sobre o bufê, onde aparecem pratos como ventrecha ensopada, carne com banana, peixe seco com arroz e pacu desfiado com cubos de manga e castanha-do-pará, este incluído recentemente entre as opções. Outra novidade é versão “água doce” do vatapá baiano, feita com pacu, amendoim, leite de coco e azeite de dendê. O serviço custa R$ 52,90 por pessoa de terça a sexta-feira e R$ 56,90 aos sábados e domingos. Avenida Beira Rio, s/n°, Museu do Rio, Porto, 3623-6881 (120 lugares). 11h/14h (fecha seg.). Aberto em 1982. $$

Continua após a publicidade

Tacuru Restaurante Rural

As receitas compõem um bufê com 22 pratos quentes, doze tipos de salada e seis sobremesas. Ao valor de R$ 37,50 por pessoa, é possível provar pancetta pururuca, rabada com mandioca, linguiça de fabricação própria e a feijoada cuiabana, maior sucesso da casa. Esta última é feita com pertences de boi, como costela, carne-seca e bucho, feijão-carioca e, para o tempero, apenas o sal da própria carne. Outra estrela é o quibebe de abóbora cortada em cubos e refogada com alho e azeite. Tudo é preparado no fogão a lenha e no forno de barro. Para encerrar a comilança, tem o doce furrundu, feito do caule do mamoeiro e rapadura. O valor da refeição ainda dá direito a uma dose de cachaça – a casa tem seis variações de produção própria, incrementadas com raízes, folhas e cascas de árvores. Rodovia Senador Vicente Bezerra Neto, MT-351, Estrada de Manso, km 2, 99924-8765 ou 99938-2568 (250 lugares). Sáb. dom e feriados 11h/16h. Aberto em 2005. $

Mangaba

Instalado nas dependências do Sesc, o restaurante monta um bufê com cerca de vinte receitas (R$ 70,00 reais por pessoa, comerciários pagam R$ 35,00). Pratos típicos como maria izabel, farofa de banana, mojica de pintado, pacu assado no forno e ensopado de mandioca com salsa e cebolinha têm presença garantida. Entre as receitas que se revezam figuram costelinha de porco com arroz, lasanha de peixe com molho branco e galinhada. O cliente também conta com uma seleção de sobremesas cuiabanas inclusas no valor, dentre elas furrundu, doce de caju e chincho, rapadura mais cremosa feita com leite e melado de cana. Rua 13 de Junho, 315 A, Centro Sul, 3623-9561 (132 lugares). 11h/14h (fecha seg.) Aberto em 2013. $$

(Preços apurados entre abril e maio de 2019).

Veja também: Tudo sobre Veja Comer & Beber Cuiabá 2019

Continua após a publicidade
Publicidade