Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Os melhores gastrobares de Cuiabá segundo VEJA COMER & BEBER 2019

Confira uma seleção de endereços para comer e beber bem na capital do Mato Grosso

Por Ana Flávia Corrêa, Iracy Paulina, Lidiane Barros, Luly Zonta, Maria Clara Cabral, Mariani Campos, Rodrigo Meloni e Rodivalho Ribeiro Atualizado em 22 Maio 2019, 13h03 - Publicado em 18 Maio 2019, 23h59

Maiale Gastro Bar

Neste bar com vocação de restaurante, instalado no hotel Delmond, a especialidade é a carne suína, que aparece em boa parte dos petiscos e até em alguns drinques. Da seleção de comes, o carro-chefe são as pururucas crocantes servidas em um cone de papel com limão (R$ 26,00). Para ficar dentro do tema, bacon incrementa a porção de batata frita, que leva ainda alho e alecrim (R$ 23,00), e a salada maiale, que além do ingrediente suíno, mistura folhas, tomate, ovo, croûtons, brócolis e molho à base de leite e ervas (R$ 27,00). O bacon é usado até mesmo nos coquetéis, caso da caipirinha de limão com bacon (R$ 17,00 com cachaça ou R$ 21,00 com vodca ou saquê). Para uma refeição mais reforçada, a sugestão é o joelho de porco, servido à pururuca, acompanhado de batatas rústicas (R$ 60,00), que pode ganhar companhia de cervejas long neck (Heinekein e Stella Artois custam R$ 7,90 cada uma). Avenida André Maggi, 1980, Alvorada, 2121-3300 (48 lugares). 16h/22h. Aberto em 2018.

Mezada Baricoz

Sob o comando de Jorge Zanatta, a casa abriu as portas em outubro de 2018. O espaço amplo, de pé-direito alto é um híbrido de bar e restaurante. No almoço, o executivo pode sugerir, por exemplo, tilápia ao molho de alcaparras com purê de limão (R$ 29,00). À noite, a clientela também costuma optar por pratos, caso do filé à parmigiana guarnecido de arroz e batata frita (R$ 45,00) e do pintado com rosti de mandioca (R$ 49,00). As pedidas podem ganhar escolta de cervejas em garrafa, entre elas a Devassa (R$ 9,00) e a Eisenbahn (R$ 12,00). É do time dos coquetéis? Uma sugestão é o gim-tônica que leva o nome da casa, com limão e espuma de gengibre (R$ 29,00). Rua Wilson Garcia, 116, Consil, 2129-7202 (100 lugares). 11h/14h e 18h/23h (fecha dom.). Aberto em 2018.

Varadero Bar e Restô (o melhor gastrobar de 2019)

Inspirando-se nos casarões da famosa estância balneária cubana que dá nome a este bar, Eliseu Freitas, um dos sócios-proprietários, procurou criar um ambiente informal, daqueles que acolhem a família inteira. Na área interna, o salão climatizado traz mesas e cadeiras que remetem ao cenário praiano. No setor externo, ficam o bar e mesas espalhadas sob a copa de árvores decoradas com lanternas. “Temos ainda um espaço kids, com brinquedos adequados a cada idade e monitores”, explica Freitas. A cozinha, comandada pelo chef Ricardo Osmar, despacha pratos de pegada contemporânea. Um dos mais pedidos, o pintado com passas e mel guarnecido de banana caramelizada, purê de mandioquinha e arroz custa R$ 76,00. Em tamanho família, a costela varadero (assada no bafo e acompanhada de arroz, tutu de feijão vermelho, paio, banana à milanesa e farofa de ovo) serve quatro pessoas por R$ 172,00. No bar, as vedetes são as caipirinhas e as caipivodcas, disponíveis em mais de quarenta sabores. A que combina morango, kiwi e maracujá sai a R$ 16,90. Rua Castelo Branco, 898, Quilombo,3027-5001 (236 lugares). 11h30/16h (sáb. e dom. até 18h) e 18h30/2h (fecha dom.). Aberto em 2014. Aqui tem iFood.

VARIADOS

Cupim Bar

Não à toa este bar tem o nome de Cupim: o corte bovino que batiza a casa é campeão absoluto de pedidos. Servida na telha de barro, a carne é assada, defumada e desfiada antes de ir à mesa. Dá para pedir a peça de 1 quilo em companhia de arroz, batata frita, vinagrete, farofa de bacon, pasta de alho, torradas e molho à base de tomate (R$ 76,90, para quatro pessoas) ou a de 700 gramas guarnecida de arroz e a batata frita (R$ 69,90, para três). Para aplacar a sede, há cerveja de garrafa (a Brahma custa R$ 9,50) e suco de laranja servido na jarra de 700 mililitros (R$ 13,00). Avenida Miguel Sutil, 8800, Jardim Cuiabá, 3626-6262 (460 lugares). 18h/0h (sex. e sáb até 1h). Aberto em 2012. 

Maluti Boteco e Bistrô

Continua após a publicidade

Misto de restaurante e bar, tem cardápio de almoço e, à noite, assume a vocação boêmia com menu repleto de tira-gostos. De terça a sábado, entre 18h e 23h, a clientela pode optar pelo rodízio de petiscos (R$ 29,90 por pessoa), que abarca quinze receitas, entre elas a costelinha suína ao molho barbecue e a mandioca frita. À la carte, a preferência do público recai sobre as pizzas, caso da portuguesa e da calabresa R$ 32,00 cada uma. Rua da Mangueira, 329, Jardim Shangri-lá, 3364-3700 (150 lugares). 17h/23h (sex. a partir de 18h; sáb. também almoço 11h/15h; dom. 16h/22h; fecha seg.). Aberto em 2016.

Mundaréo

Em uma residência adaptada, o bar tem um agradável deque de madeira, instalado sob os galhos de uma frondosa árvore. O ponto forte aqui é a curadoria de apresentações musicais, premiada em duas edições deste especial. O repertório mescla MPB, rock nacional e pop internacional. Os shows são realizados sempre às sextas e sábados, dias em que é cobrado couvert artístico de R$ 3,00. Embalados pela trilha sonora, os clientes provam petiscos como a poutine de amo, hit do menu. Trata-se de uma porção de batata frita coberta com generosa camada de creme de requeijão, cubos de filé e bacon (R$ 43,00). Para acompanhar, há cervejas de garrafa como a Cacildis (R$ 13,50), uma premium lager, e a Heineken (R$ 14,00). Rua Doutor Lima Avelino, 192, Jardim Primavera, 3365-5143 (120 lugares). 18h/1h (qui. a sáb. até 2h; fecha dom.). Aberto em 2013.

Porão Parrilla y Tragos

Uma das boas novidades entre os bares cuiabanos abriu as portas em agosto de 2018. Os sócios Webster Oliveira e Douglas Antunes queriam que a cozinha tivesse foco nas carnes e hoje servem cortes como o vazio, que vem coberto com queijo derretido e especiarias (R$ 69,00, para duas pessoas), e o gigante tomahawk, peça de 1 quilo de contrafilé com osso (R$ 98). Todas as carnes são assadas no calor da parrilla e chegam à mesa com escolta de arroz, vinagrete, farofa, mandioca e molho chimichurri. Para beber, há drinques, caso do aperol spritz (R$ 30,00), e os oito rótulos de cerveja, entre elas Heineken (R$ 14,00) e Budweiser (R$ 14), ambas em garrafa. Avenida Senador Filinto Müller, 940, Quilombo, 99815-6581 (46 lugares). 18h30/23h (sáb. 11h30/14h e jantar até 0h; dom. só almoço 11h30/14h30). Aberto em 2018.

Talavera Bar e Restaurante (o melhor para ir a dois segundo o júri de 2019)

A casa possui amplo quintal e salão interno climatizado. Dos dois ambientes, o segundo é o preferido dos casais. Faz sentido: além da iluminação aconchegante, a disposição das mesas ali cria agradáveis cantinhos de privacidade. Feitas para partilhar, as tapas — como a de geleia de figo (R$ 31,00) — são ótimas opções para ladear um vinho (a adega guarda oitenta rótulos) ou um dos cinco chopes do estabelecimento (de R$ 10,90 a R$ 16,00 o copo de 300 mililitros). Para um jantar especial, faz bonito a paella de frutos do mar (R$ 154,00), também para dois. Avenida José Rodrigues Prado, 40, Santa Rosa, 99923-7100 (360 lugares). 11h30/15h e 18h/2h (sáb., dom. e feriados sem intervalo). Aberto em 2017. Aqui tem iFood.

Taverna Corvo Negro

Sete amigos idealizaram o local, que disponibiliza uma série de jogos de tabuleiro, de cartas e de computador. Entre uma partida e outra, a clientela prova drinques como o chamado de matagal, uma caipirinha frozen com manjericão (R$ 14,99) ou brindam com cervejas long neck (R$ 7,99 a Heineken). Para comer, o jake the burguer é o campeão de vendas – ele tem três versões, a chamada de level 2 empilha dentro do pão dois hambúrgueres de 150 gramas, cheddar, cebola-roxa caramelada e bacon  (R$ 27,99). Outra sugestão, o elf burguer é recheado com um naco de mussarela empanada, rúcula, cebola, tomate e molho de mel e mostarda (R$ 26,99). Rua Samatra, 49, Jardim Shangri-lá, 99206-3899. 17h/2h (sex. e sáb. até 0h; fecha seg.). Aberto em 2017.

(Preços apurados entre abril e maio de 2019).

Veja também: Tudo sobre Veja Comer & Beber Cuiabá 2019

Continua após a publicidade
Publicidade