Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Os melhores botecos de Campinas segundo VEJA COMER & BEBER

Veja ainda dois endereços de pizza-bares e dois bares de perfil variado

Por Aline Guevara, Ana Marson, Cláudio Liza Júnior, Iracy Paulina, Karina Fusco e Sarah Schmidt 22 jun 2019, 01h00

Américo

Após muitos pedidos dos clientes, a casa abriu uma área exclusiva para a preparação de drinques. Um deles mistura compota de caju, limão e cachaça (R$ 22,00). O gim-tônica é outro destaque do setor (R$ 24,00). Para compartilhar, a porção de picanha fatiada chega às mesas com pão, farofa e vinagrete (R$ 38,00). A cerveja Original costuma escoltar o prato (R$ 15,50). Rua Américo Brasiliense, 182, Cambuí,2519-0967 (60 lugares). 11h30/15h e 18h30/0h (sáb. sem intervalo até 0h; fecha dom.). Aberto em 2015.

Bar Azul

O tradicional ponto campineiro fez 65 anos mantendo a tradição de servir suas cervejas bem geladas. Da câmara fria do endereço saem garrafas de Heineken (R$ 13,00) e de Brahma (R$ 13,90). Para acompanharem as bebidas, a moela ao molho, ao lado de com pão (R$ 28,90), e o lanche de flé-mignon, mussarela, ovo, presunto, bacon, alface e tomate na baguete (R$ 33,90) são pedidos recorrentes. Rua Coronel Quirino, 1768, Cambuí,3251-6888 (120 lugares). 17h/1h (sáb. 11h/1h; fecha dom.). Aberto em 1954.

Bar do Cação

A coxinha de rabada com queijo brie (R$ 20,00, cinco unidades) pode ser acompanhada pelo chope Brahma (R$ 7,90, 300 mililitros). Ingrediente de sucesso por aqui, o camarão entra numa receita preparada na cumbuca, que ainda leva purê de batata, catupiry, gorgonzola e parmesão (R$ 44,90). O prato é gratinado no forno antes de ir à mesa. Avenida Doutor Armando Sales de Oliveira, 55, Taquaral,3255-7346 (80 lugares). 17h/23h (sáb. 12h/23h; fecha dom.). Aberto em 1995.

Bar do Carioca (campeão nas categorias melhor boteco e melhor atendimento de 2019)

Nos dias de maior movimento, quando as mesinhas que avançam pela calçada ficam lotadas, o bar chega a receber 500 pessoas. Para atender tanta gente, a equipe de seis garçons é reforçada por pelo menos dois extras — e dá conta do recado direitinho, segundo o júri de VEJA COMER & BEBER. “Nossa brigada de garçons é bastante experiente. Geralmente eles começam aqui novinhos e vamos treinando-os com o tempo”, conta o proprietário Edilson Fernando Gambeta, natural da cidade fluminense de Conceição de Macabu e conhecido por todos como Carioca. O farto cardápio da casa, apoiado em clássicos de boteco, foi elaborado por ele e é executado pelo filho, Fábio, que comanda a cozinha. São boas pedidas o ovo de porca (R$ 7,50 a unidade), um famoso bolovo que ali recebe recheio de ovo cozido e linguiça, e o pernil chapado (R$ 59,90), reunião de carne suína preparada na chapa com cebola, tomate e manjericão, mais uma porção de torresmo e uma dose de cachaça. Outro hit é o doritos do mar (R$ 39,90, sete unidades), bolinho de camarão com catupiry e queijo, empanado com o salgadinho que lhe dá o nome. Na carta de bebidas, há chope Heineken (R$ 9,20, 300 mililitros), cervejas como a Eisenbahn (R$ 13,00, 600 mililitros) e caipirinhas, que podem ser personalizadas. Das dezessete receitas listadas, a arpoador mistura vodca, abacaxi, melado de cana e canela em pau (R$ 19,90, com Smirnoff). Rua Erasmo Braga, 1067, Castelo,3242-5811 (70 lugares). 17h/0h (sáb. a partir das 12h; fecha dom.). Aberto em 1983.

Bar do Nicola

Da cozinha deste endereço sai com frequência a picanha grelhada e fatiada, que inclui maionese da casa e uma cesta de pães (R$ 42,00). Outra sugestão popular entre os clientes é a brazuca, uma porção de polpetta recheada com queijo mussarela (R$ 40,00). Parceira comum desses petiscos, a cerveja Heineken custa R$ 14,00. As mesas da varanda e na calçada são as mais disputadas. Rua Dona Maria Umbelina Couto, 644, Taquaral,98703-8983 (100 lugares). 17h/0h (sáb. 12h/23h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2012.

Bar do Saulo (campeão na categoria melhor coxinha)

A placa de Mercearia Califórnia na fachada remete às origens do lugar, inaugurado como um “secos e molhados” pelo pai do atual proprietário, Saulo Andrietta. Para atender à demanda de alguns fregueses, Saulo começou a pilotar a chapa e foi ganhando gosto pelo ofício até se tornar um cozinheiro de mão-cheia. No início dos anos 1980, o lugar virou um misto de bar e mercearia e recebeu o nome que mantém até hoje. Fazem muito sucesso por ali os salgados, a começar pela coxinha, premiada pelo júri. Ela está disponível em dezoito versões — entre elas a tradicional de frango, a de carne-seca, a de siri, a de brócolis com catupiry e até a chinesa, que leva broto de soja, cenoura, cogumelo, abobrinha e pimentão-amarelo em seu interior. Cada coxinha custa R$ 7,00; menos a de camarão, vendida a R$ 8,50. Seis anos atrás, quando o local começou a funcionar exclusivamente como bar, Saulo passou a contar com o reforço da filha, Michelle, na cozinha. Devorou uma coxinha e continua com fome? Invista, então, no sanduba composto de costela preparada com alcaparras, mussarela, provolone, gorgonzola, azeitona chilena, rúcula e vinagrete na baguete (R$ 26,00). Além de cervejas de 600 mililitros (R$ 13,00 a Heineken), a oferta etílica inclui 65 rótulos de cachaça a preços que vão de R$ 6,00 a R$ 13,00 a dose. Avenida Guarani, 345, Jardim Guarani, ☎ 3325-5860 (100 lugares). 17/2h (seg. e ter. até 23h30; fecha dom.). Aberto em 1959.

Bar do Soares

A casa mudou de endereço, e o novo espaço tem o dobro da capacidade do antigo. Para dividir, faz sucesso a porção de rosbife caseiro com molho inglês, tomate e cebola (R$ 45,80). Também sai da cozinha o lanche de flé-mignon empanado com molho de tomate, azeitona, presunto, mussarela, queijo gouda, parmesão e salsinha, acompanhado de fritas (R$ 36,90). A caipirinha de vodca pode ser feita com morango, maracujá ou kiwi (R$ 20,80). Avenida Ayrton Senna da Silva, 439, Jardim Proença, ☎ 3237-4334 (200 lugares). 17h/23h30 (fecha dom.). Aberto em 1991.

Bar do Vadico

O lugar, que só funciona no horário do almoço, acaba de completar setenta anos. Às terças a casa serve um de seus pratos mais populares, o virado à paulista. Arroz, tutu de feijão, ovo cozido, couve, torresmo, banana frita e bisteca compõem a receita (R$ 23,90). Para petiscar, há porções de torresmo (R$ 25,00) e de frango à passarinho (R$ 29,90). Oferecida bem gelada, a cerveja Heineken custa R$ 13,00. Avenida Washington Luiz, 163, Ponte Preta,3368-9500 (62 lugares). 11h/14h30 (fecha dom.). Aberto em 1949.

Boteco Formol

Na casa, decorada com muitos objetos antigos, o bacon é sucesso absoluto. Ele está em todos os sanduíches — um deles, o formol burger: hambúrguer, queijo, bacon, vinagrete e molho barbecue (R$ 28,00). O ingrediente é tão querido por aqui que ganhou uma porção só para ele — são 500 gramas de bacon frito a R$ 28,00. Lanches e petiscos costumam ser acompanhados por chopes artesanais da região (a partir de R$ 10,00). Avenida Engenheiro Artur Segurado, 86, Jardim Leonor,3368-3101 (200 lugares). 18h/0h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2008.

Boteco Vidottinho

Tem trilha sonora eclética e uma coquetelaria forte. Entre os petiscos, a coxinha com massa de mandioca figura com quinze recheios, como o de costela bovina com barbecue (R$ 9,90). O tradicional deu onda (camarão rosa com mussarela e catupiry, R$ 14,90) é outra boa pedida. Na lista de coquetéis há seis tipos de gim-tônica, entre eles o que mescla os ingredientes básicos com sucos de limão e de laranja e xarope de açúcar (R$ 27,90). Rua Emílio Ribas, 887, Cambuí,3325-8882 (250 lugares). 11h30h/1h30 (sex. e sáb. até 2h30; dom. 16h/0h; seg. até 14h30). Aberto em 2017.

Botequim da Zepha

Servido na cumbuca, o creme de camarões, dendê e leite de coco vai à mesa com cobertura de requeijão e farofa de Doritos (R$ 34,50). A receita é uma das especialidades do bar, cujo ambiente remete aos antigos armazéns. Ela divide a atenção com petiscos como a linguiça com queijo meia cura, farofa, alho frito e melado (R$ 47,90). Entre as mais de quarenta cervejas artesanais está a Coruja Extra Viva (R$ 39,50, 1 litro). Às quintas e aos sábados, há jazz, bossa nova e MPB ao vivo. Rua Uruguaiana, 1266, Bosque,99200- 6639 (80 lugares). 17h/22h (sáb. a partir das 15h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2012.

Buteco do Jair

A coxinha com massa de mandioca é a estrela do menu deste bar, que chega aos trinta anos de botecagem. São quarenta versões do salgado, entre elas a de frango com catupiry (R$ 9,20) e a de fraldinha na mostarda (R$ 9,90). O croquete de carne (R$ 8,00) fica ainda mais saboroso com o molho de pimenta da casa. Na hora do brinde, a sensação é a mega caipiroska de 1 litro, feita com vodca Smirnoff ou Absolut (R$ 94,90 ou R$ 99,90). Rua Eduardo Modesto, 212, Barão Geraldo, ☎ 3308-4825 (250 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 1h; fecha dom. e seg.). Aberto em 1989.

Candreva

Tem como carro-chefe o torresmo. São cerca de 1 200 quilos vendidos por mês, em porções com 250 gramas (R$ 22,00) e meio quilo (R$ 32,00). A isca de frango empanada com catupiry (R$ 36,90) é outro hit do endereço, bem como o prato de flé-mignon à parmigiana (R$ 59,90 o individual; R$ 109,90, para duas pessoas). Uma seleção de cachaças (R$ 10,00 a R$ 65,00 a dose) e chopes nos estilos IPA (R$ 10,00), pilsen (R$ 11,00) e weiss (R$ 12,00) integram o rol de bebidas. Avenida Monte Castelo, 23, Jardim Proença,3232-7361 (175 lugares). 10h/23h (dom. 10h/16h; fecha seg.). Aberto em 1964.

City Bar

O bolinho de bacalhau (R$ 7,00) ajudou a fazer a fama deste bar. Outros trunfos da casa são as fatias de torta, como as de palmito e de frango com catupiry (ambas por R$ 6,80). Às sextas, a atração é o generoso bacalhau à nazaré: 500 gramas de peixe em molho de tomate e cebola, guarnecido de arroz com amêndoa, batata, brócolis, ovo e azeitona (R$ 120,00). No número 73 da mesma avenida fica o City Tortas, misto de empório, bar e restaurante que vende a maior parte dos itens daqui e algumas receitas portuguesas extras. Avenida Júlio de Mesquita, 450, Cambuí,3252-5296 (100 lugares). 6h/1h (fecha dom.). Aberto em 1958.

Empório do Nono

Picadinho de flé-mignon, linguiça apimentada, banana à milanesa, ovo frito, cebola, arroz, feijão-preto, tomate e farofa (R$ 38,60) compõem o PF do nono, servido dia e noite. O bolinho de abóbora com carne-seca (R$ 29,50, oito unidades) sai com frequência da cozinha e costuma acompanhar o chope Brahma da casa (R$ 8,20 o claro e R$ 9,90 o black). Chorinho ao vivo embala as noites de segunda. Às quintas, há apresentações de samba e MPB. Avenida Albino José Barbosa de Oliveira, 1128, Barão Geraldo,3289-0041 (155 lugares). 11h30/23h30 (sex. e sáb. até 0h30; dom. 11h30/16h). Aberto em 1999.

Facca Bar

Composto de pernil suíno, queijo prato e aliche com azeite e salsinha, o sanduíche famosíssimo (R$ 31,00) é um dos preferidos dos clientes. A porção de flé-mignon com molho branco, palmito e banana (R$ 53,00) e o bolinho de bacalhau (R$ 9,00) são outros itens frequentes nas mesas, assim como o chope Brahma (R$ 8,20 o claro e R$ 10,00 o black). Nas geladeiras da casa também há espaço para rótulos artesanais da cervejaria Burgman (R$ 7,50 a lager e R$ 10,00 a IPA, ambas com 300 mililitros). Rua Conceição, 157, Cambuí, ☎ 3232-0970 (94 lugares). 11h/0h (fecha dom.). Aberto em 2006.

Giovannetti

Um dos campeões de pedidos desta marca octogenária atende pelo nome de psicodélico. O lanche leva salsichão lionês, rosbife caseiro, mortadela, salsichão com picles, lombo cozido, presunto, mussarela, tomate e azeitona (R$ 29,90). Para acompanhá-lo, há chope na tulipa e na caneca (R$ 8,90 e R$ 10,90) e caipirinha com limão, caju e redução de rapadura (R$ 22,50). Batizado de rolha, o croquete de carne é vendido por unidade (R$ 5,50) ou porção (R$ 39,90). A casa do Cambuí tem um empório. Rua General Osório, 1059, centro,3231-2830 (80 lugares). 9h/0h (qui. até 0h30; sex. e sáb. até 1h). Mais dois endereços. Aberto em 1937.

Continua após a publicidade

Lumen Christ

O croquete de carne (R$ 22,00, doze unidades) e a isca de tilápia empanada com molho tártaro (R$ 39,90) despontam entre os petiscos deste boteco. Na seção de sanduíches, o destaque é o lanche que combina linguiça caipira, mussarela, ovo, cebola e tomate (R$ 20,90). Para beber, há pilsen Cerpa Tijuca (R$ 15,00) e uma boa variedade de caipirinhas de cachaça (R$ 12,90) e de vodca (R$ 16,90), como as de lima-da-pérsia e abacaxi. Rua Doutor Gustavo Rodrigues Pereira Dutra, 21, Jardim Lumen Christ,3251-2637 (70 lugares). 15h/23h (sáb. 11h/22h; fecha dom.). Aberto na década de 70.

Miki Bar

A decoração retrô e bem eclética, com direito a bonecos de personagens da saga Star Wars, chama a atenção dos clientes. No menu reinam os salgados tradicionais, como a polpetta e o quibe (R$ 6,00 cada um). Também faz sucesso a porção de lula (R$ 42,00, para três). Entre os lanches com minibaguete, o de pastrami com tomate seco e rúcula custa R$ 28,00. Para beber, tem cerveja Heineken gelada (R$ 13,00) e caipirinha de saquê com kiwi ou morango (R$ 20,00). Avenida Estados Unidos, 728, Jardim Nova Europa,3238-6630 (120 lugares). 17h/23h30 (sáb. 12h/23h; fecha dom.). Aberto em 1982.

Mortadella & Companhia

A casa tem arquitetura inspirada no Mercado Municipal de São Paulo e lanches com nomes que remetem à Itália — cinco deles preparados com mortadela. No roma (R$ 19,90), 200 gramas do embutido acompanham mussarela entre fatias de baguete. Costela bovina assada durante oito horas, mussarela e vinagrete compõem o torino (R$ 24,90). Cervejas artesanais da Hebling (R$ 23,00) e da Berggren (R$ 21,00) reforçam a carta de bebidas. Rua Tereza Zogbi Geraij Mokarzel, 52, Barão Geraldo,3288-0913 (30 lugares). 17h/23h30 (sex. e sáb. até 0h). Aberto em 2014.

Pirajú Botequim

A casa resgata a atmosfera dos antigos botequins paulistanos. Entre as especialidade estão a isca de frango com shimeji e catupiry (R$ 32,50, para dois) e a porção de croquete de joelho de porco com vinagrete de jiló (R$ 27,80). Para beber, chope Brahma (R$ 6,99 o claro e R$ 9,00 o black) e caipirinha de caju, limão-taiti, limão-siciliano e rapadura (R$ 19,90). Na decoração, destaque para a lambreta de 1957 e o sino marítimo, tocado em alguns momentos ao longo da noite. Rua Piraju, 43, Jardim Leonor, ☎ 3203-2272 (150 lugares). 17h/0h (sáb. 12h/0h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2017.

Ponto 1

As carnes que compõem sanduíches e porções são preparadas em um defumador. Servida às quintas e aos sábados, a costela bovina passa de doze a dezesseis horas nesse equipamento, antes de ir à mesa com mandioca ou polenta, farofa e vinagrete (R$ 89,90, para três ou quatro). Às quartas, tem costelinha suína feita da mesma forma e servida com molho de gorgonzola e batata ou polenta (R$ 53,90, para dois ou três). Para beber, há chope da Cervejaria Caipira. O lager sai por R$ 8,80. Rua Eduardo Modesto, 54, Barão Geraldo, ☎ 3289-2378 (70 lugares). 17h/0h (fecha dom.). Aberto em 1978.

Preste Atenção

Representante da linha boteco raiz, o endereço tem na sardinha empanada (R$ 24,00, quatro unidades), na porção com meio quilo de torresmo (R$ 25,00) e no lanche de pernil, queijo prato e vinagrete (R$ 26,00) o seu “trio de ferro”. Cervejas de garrafa, como Heineken (R$ 14,00) e Original (R$ 12,00), e a caipirinha tradicional (R$ 14,00) são pedidos frequentes no segmento das bebidas, especialmente em dias de futebol na TV. Rua Barão Geraldo de Resende, 52, Vila Itapura, ☎ 3232-7613 (80 lugares). 11h/0h (sáb. 11h30/21h; dom. 15h/20h; fecha seg.). Aberto em 1988.

Quiosque da Horta

Do pequeno quiosque, localizado entre uma horta e uma praça, saem criações como a porção de pancetta, alho frito e queijo ralado (R$ 35,00) e a massa de rolinho primavera recheada de costela, guarnecida de compota de cebola ao vinho (R$ 45,00, dez unidades). Nas mesas dispostas na calçada, em meio às árvores, é comum ver garrafas de Original, Heineken (ambas a R$ 15,00) e Eisenbahn (R$ 14,00). Rua Doutor José Ferreira de Camargo, 1221, Jardim Planalto,99686- 7450 (80 lugares). 11h30/22h (fecha dom.). Aberto em 2012.

Rancho Vô Joaquim

O tricampeão do concurso Comida di Buteco de Campinas tem na sua lista de petiscos especiais o croquete de calabresa (R$ 32,00) e o mineirice: carne de lata, pimenta-cambuci recheada de massa de linguiça com provolone e torresmo pururuca (R$ 42,00). Ambos servem duas pessoas. Para beber, há caipirinha mix de frutas, feita com maracujá, morango, abacaxi e limão (R$ 18,00). Nos almoços de fim de semana, a casa monta bufê no fogão a lenha (R$ 55,90 por pessoa). Rua Doutor Heitor Penteado, 1407, Joaquim Egídio, 3298-6299 (130 lugares). 12h/17h (sex. e sáb. 12h/22h; dom. 12h/17h; fecha seg. e ter.). Aberto em 2005.

Rei do Joelho

Com status de majestade, o joelho de porco está presente em várias preparações. Na mais tradicional, ele vai à mesa em pedaços, com batata e cebola (R$ 56,00, 900 gramas). Guarnecido de salsichas branca e vermelha, chucrute, salada de batata, purê de maçã e arroz, o joelho custa R$ 112,00 (1,2 quilo). Companhia mais discreta para a caipirinha de limão e uva (R$ 23,00, jarra de 750 mililitros), o pastel de joelho desfado e catupiry sai a R$ 6,00. Rua Doutor Oswaldo Cruz, 137, Guanabara,3255-2017 (60 lugares). 8h/23h (seg. 8h/14h; sáb. 10h/16h; fecha dom.). Aberto em 1994.

Seu Vidotti

Todo sábado e ocasionalmente às sextas, o bar promove shows musicais com repertório eclético, do rock clássico ao sertanejo. Para manter o pique dos clientes, não podem faltar cerveja (a Heineken custa R$ 13,90), porções como o escalopinho de flé-mignon com gorgonzola gratinado com mussarela (R$ 62,90, para até três pessoas) nem o sanduíche de costela bovina, barbecue, provolone, bacon, tomate e rúcula (R$ 29,00). Estrada Municipal Francisco João Perissinotto, Parque Imperador (no Careca Sport Center),97106-5890 (120 lugares). 17h30/0h30 (sáb. 12h/2h; fecha dom.). Aberto em 2012.

Tonico’s Boteco

Uma programação musical variada, com direito a karaokê às quartas, embala as noites da casa que presta homenagem ao compositor campineiro Carlos Gomes. É dele a ópera O Guarani, mesmo nome do campeão de pedidos do bar: sanduíche de flé-mignon, presunto, provolone, bacon e pasta de azeitona (R$ 28,90). Da seção de petiscos, destaque para a porção de bolinho de macaxeira com carne-seca (R$ 27,90), ótima companhia para as cervejas Original e a pilsen da Eisenbahn (ambas a R$ 13,00). Rua Barão de Jaguara, 1373, centro,3236-1664 (200 lugares). 11h30/1h30 (fecha dom.). Aberto em 1995.

Vizinhando

A rede se inspira na boemia carioca e tem a proposta de fazer o público se sentir em casa ou no quintal do vizinho. Disponíveis em nove versões, os espetos são a especialidade. Os de alcatra, flé-mignon suíno, cafta, coração, misto e queijo de coalho custam R$ 8,90; os de frango, calabresa e salsichão saem por R$ 6,90. Para até quatro pessoas, a chapa de picanha aperitivo com mandioca custa R$ 79,90. Na seção de bebidas há chope Brahma (R$ 12,90) e gim-tônica (R$ 24,90). Rua Padre Almeida, 224, Cambuí,3722-0000 (120 lugares). 17h/1h (dom. 15h/0h; fecha seg.). Aberto em 2019.

PIZZA-BARES

Osteria Salvatore

No casarão de ambiente rústico, objetos antigos e cozinha com sotaque siciliano, as pizzas são a grande atração. A pachino leva mussarela, catupiry, peito de peru ou lombo e azeitona preta (R$ 50,00). Com abobrinha feita no forno, a zucchini ganha o reforço de mussarela, tomate seco e parmesão
(R$ 58,00). Na lista de bebidas tem cervejas Imigração 1824, a exemplo da pilsen premium (R$ 22,00, 500 mililitros). Rua Francisco Antônio Pinto, 154, Parque Industrial, ☎ 3272-1098 (60 lugares). 19h/23h (fecha de dom. a ter.). Aberto em 2006.

Piola

A unidade campineira desta rede italiana funciona num prédio tombado pelo Patrimônio Histórico. Entre as pizzas, todas montadas sobre massa fna, a copenhagen leva mussarela, catupiry, salmão defumado e salsinha (R$ 85,80). Na Miami, a combinação de mussarela, queijo de cabra, rúcula, tomate-cereja e azeitona preta faz sucesso (R$ 80,30). Assinado pelo mixologista Fábio Atauri, o drinque jameson garden mescla uísque Jameson, suco de limão, xarope de manjericão e maracujá (R$ 28,60). Rua Ferreira Penteado, 1463, Cambuí, 3251-1119 (102 lugares). 18h/0h (sex. e sáb. até 1h). Aberto em 1998.

VARIADOS

Banana Café

A badalada marca da década de 90 retomou suas atividades na capital em 2015 e, no ano passado, desembarcou em Campinas. Um dos atrativos é o ambiente, que faz uma ode ao tropicalismo e convida os clientes a provar drinques originais, como o carmen miranda (vodca Absolut Elyx, xarope de maracujá, abacaxi e limão-siciliano, Licor 43 e Red Bull tropical; R$ 65,00). Para comer, o bar vai além das porções e traz pratos substanciosos, a exemplo do filet do chef (medalhão de flé-mignon, carpaccio de pera com brie e risoto de parmesão; R$ 48,90). Rua General Osório, 2090, Cambuí, ☎ 3217-9001 (230 lugares). 12h/0h (dom. a ter. até 23h30). Aberto em 2018.

Hocca Bar

Um dos símbolos da gastronomia paulistana, o sanduíche com 300 gramas de mortadela Ceratti é a maior atração da unidade campineira da rede, que nasceu no Mercado Municipal de São Paulo. Custa R$ 36,95 e é acompanhado de batata frita. O menu lista outras boas pedidas, como o pastel de bacalhau (R$ 30,95, 300 gramas) e a costela suína com molho barbecue (R$ 64,00, para até três). Na seção de bebidas há chope Amstel (R$ 11,50) e caipirinha (R$ 29,50). Shopping Iguatemi, ☎ 3295-0186 (300 lugares). 11h30/15h e 17h30/22h (sex., sáb. e dom. sem intervalo). Aberto em 2018.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)