Clique e assine a partir de 8,90/mês

Onde comer os melhores salgados em Goiânia

Empadas, pasteis e outros quitutes feitos artesanalmente

Por Daniella Barbosa, Eula Lôbo, Thalys Alcântara, Taynara Borges e Thiago Rabelo - 14 jan 2019, 23h55

Biscoitos Pereira

As receitas dos quitutes de Dona Geralda Vieira Cardoso, a matriarca da família, seguem conquistando o paladar dos goianos. A primeira loja foi aberta em 1963, na Rua 55. Hoje, a família possui outras seis espalhadas pela capital e já está na quarta geração de empreendedores. Os destaques do cardápio vão para a esfiha e a coxinha (R$ 5,00 cada uma), sempre recém-saídas do forno. No entanto, o pão de queijo (R$ 2,75), acompanhado de um cafezinho coado (R$ 1,75), é a marca registrada do lugar. Rua 10, 236, Edifício Jota Brado, Setor Oeste, ☎ 3215-2171 (31 lugares). 6h/20h (sáb. até 12h; fecha dom). Mais dois endereços. Aberto em 1963.

Casa Elza

Os quitutes de dona Elza Tavares já faziam sucesso na década de 70, muito antes da abertura de uma loja física para receber a clientela. No início ela trabalhava apenas com salgados congelados por encomenda, mas o negócio cresceu e as receitas passaram de mãe para filha. Marilda de Paula Tavares herdou a paixão da mãe pela cozinha e agora toca a empresa. O enroladinho de queijo (R$ 39,90 o quilo) e as empadas (R$ 6,00 a grande e R$ 3,00 a pequena) são os carros-chefe da casa, tudo preparado de forma artesanal. São onze recheios de empada, como frango com pequi, carne de sol e camarão com catupiry. Avenida T-4, 1268, Setor Bueno, ☎ 3255-1111 (24 lugares). 7h30/19h30h (sáb. 7h30/18h; fecha dom). Aberto em 1972.

Doce Doce

Além de explorar os doces e os salgados, a confeitaria está apostando em hambúrgueres e pratos mais leves. A salada do chef (R$ 25,00) leva um mix de folhas, queijo brie no melaço, tomate-cereja, lascas de amêndoa, cenoura marinada, kiwi, mel e mostarda. O carro-chefe ainda é a coxinha com catupiry (R$ 7,00), que mantém a mesma receita desde a década de 80. Rua 9, 431, Setor Oeste, ☎ 3224-6069. 7h30/20h (fecha dom.). Shop ping Flamboyant, Jardim Goiás, ☎ 3515-1028 (34 lugares). 10h/22h (dom. 14h/20h30). Aberto em 1987.

Continua após a publicidade

Empada do Alberto

A família de Joana Cavalcanti se instalou no Mercado Central em 1947. Suas receitas de empada são seguidas à risca até hoje pelos filhos e netos, que tocam a lancheria. Uma das mais pedidas é a tradicional de frango (R$ 5,00). De sobremesa, o sabor romeu e julieta (R$ 5,00) combina queijo com goiabada. Rua 3, 322 (Mercado Central), Setor Central, ☎ 3224-1168. 7h/18h (sáb. até 15h; dom. até 12h). Rua A, Quadra B-2, Lote 8, Vila Nova, ☎ 3995-2036. 9h/21h (sáb. até 21h; fecha dom.). Aberto em 1947. Aqui tem iFood.

Empadinha da Nenen

Conhecida como dona Nenen, Adinalda Cirqueira Cavalcante e sua filha Bruna são as responsáveis pela casa, especializada em empadas. Os sabores que saem mais são os de frango, carne de sol e camarão (R$ 5,50 cada um). Em 2017, lançaram o miniempadão goiano (R$ 6,00), com recheio de frango, linguiça, guariroba, queijo meia-cura, azeitona e pequi. Avenida 136, 1116, Setor Marista, ☎ 3092-2570 (30 lugares). 7h/18h (sáb. até 12h; fecha dom.). Aberto em 2008. Aqui tem iFood.

Pastelaria do Meu

O pastel árabe é o mais vendido. Seu recheio leva carne, cebola, limão e hortelã. São cerca de setenta recheios classificados entre tradicionais (R$ 5,00) e premium (R$ 6,00). Em 2018, o cardápio ganhou mais quatro combinações, como o maria bonita, de carne de sol, banana-da-terra, cream cheese, mel e queijo de coalho; e o italiano, com queijo fresco, calabresa, cream cheese, queijo mussarela e raspas de limão. Rua 3, 322 (Mercado Popular), Setor Central, ☎ 98194-8961. 7h/19h (sáb. 7h/12h; fecha dom.). Aberto em 1963.

Continua após a publicidade
Publicidade