Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mahalo é o melhor restaurante de Cuiabá

Em Veja Comer & Beber Cuiabá 2019, casa comandada pela chef Ariani Malouf também levou o título de campeão da categoria melhor variado/contemporâneo

Por Iracy Paulina - Atualizado em 22 Maio 2019, 13h24 - Publicado em 18 Maio 2019, 00h01

O pé-direito alto, as longas cortinas pendentes do teto dividindo ambientes e as janelas amplas, que inundam o salão de luz natural durante o dia, traduzem a elegância do Mahalo. Na lista dos campeões desde a primeira edição de VEJA COMER & BEBER, o restaurante da chef Ariani Malouf ganhou, no ano passado, “um filhote”. O novo endereço foi batizado de Mahá e funciona no espaço coletivo do Taste Lab, no Shopping Estação Cuiabá. “A intenção foi criar uma extensão do Mahalo, com o DNA original de nossa cozinha a preços mais acessíveis”, conta ela. No Mahá, os pratos custam no máximo R$ 35,00, caso do pintado ao molho de moqueca e farofa crocante. Na matriz, no almoço, foi incorporado recentemente às sugestões o menu da casa, serviço que contempla entrada, prato principal e sobremesa (R$ 59,00). No jantar, criações que já são tradicionais convivem com novos pratos, como o polvo com caldeirada de banana-da-terra e vinagrete de quiabo (R$ 98,00). Rua Presidente Castelo Branco, 359, Quilombo, 3028-7700 (150 lugares). 11h30/14h30 e 19h30/0h (fecha dom.). Aberto em 2006. $$$$

2º lugar: Flor Negra (melhor da cidade e melhor variado/contemporâneo)

Atenciosa com a origem dos ingredientes, a chef Carol Manhozo sugere a burrata de búfala como entrada. O queijo vem de um pequeno produtor de Jangada, no interior do estado, e chega à mesa na companhia de tomatinhos assados, azeitona e pesto de manjericão (R$ 45,00, para duas pessoas). Na etapa principal, destacam-se a barriga de porco escoltada por musseline de batata, picles de cebola-roxa, couve desidratada e molho de funghi e cogumelo porcini (R$ 89,00) e o risoto de cogumelos, que leva também alho-poró, azeite trufado e queijo grana padano (R$ 80,00). Da adega envidraçada saem vinhos como o argentino 1853 Malbec Reserve Tinto (R$ 145,00), indicação do proprietário, Julio Valmorbida. Banana, bolacha de amêndoa, doce de leite caseiro e sorvete compõem a sobremesa banoffe, boa pedida para arrematar a refeição (R$ 30,00). Avenida São Sebastião, 2873, Quilombo, 3027-6201 (60 lugares). 19h30/23h30 (fecha dom. e seg.). Aberto em 2015. Aqui tem iFood.  $$$$

3º lugar: Haru Cozinha Oriental (melhor da cidade)

No amplo cardápio, as novidades estão destacadas com um selinho. Elas são fruto de um workshop ministrado anualmente pelo chef e sushiman Vinicius Kikuti à equipe do restaurante. Figura entre os estreantes a dupla de jow de atum com foie gras e figo maçaricado (R$ 33,00), que também integra o combinado premium (R$ 189,00 e R$ 349,00, com doze e 24 peças, respectivamente). Nas noites de sexta e sábado, o lugar funciona como ponto de encontro antes da balada. Nessas ocasiões, os jovens frequentadores são acolhidos pelo som de DJs (lounge e house music) e costumam abrir a festa com drinques à base de gim-tônica. Rua Senador Vilas Boas, 94, Popular, 3027-7171 (150 lugares). 18h30/1h (sex. e sáb. até 2h). Aberto em 2009. $$$

3º lugar: Seu Majó (melhor variado/contemporâneo)

Em cinco anos, o chef Hugo Rodas viu o seu cardápio autoral se multiplicar em três espaços na capital mato-grossense. Apoiado por uma equipe de quarenta profissionais, o autor de cardápios que unem receitas italianas e criações com ingredientes regionais, iniciou seu trabalho em um centenário casarão. Ali, ele segue servindo pedidas como a lasanha de costela (R$ 50,00) e a costelinha de porco cozida em baixa temperatura escoltada por tutu de feijão, ovo de gema mole, couve crocante e arroz (R$ 48,00). No endereço do Jardim das Américas, à noite brilham as pizzas com massa de fermentação natural, entre elas a quase rio (R$ 64,00), que leva pomodoro, mussarela, camarão e geleia de furrundu. Por fim, em seu mais recente espaço, localizado no Taste Lab do shopping Estação Cuiabá, as redondas são vendidas em tamanho individual e coberturas como a que combina pomodoro, minas padrão, requeijão, queijo de coalho grelhado e orégano (R$ 28,00). Rua 24 de Outubro, 602, Goiabeiras, 2136-0043 (55 pessoas). 11h30/14h30 e 19h30/23h30 (ter., qua. e dom. só almoço; fecha seg.); Avenida Brasília, 390, Jardim das Américas, 3359-6740 (75 lugares). 11h30/14h30 e 19h30/23h30 (fecha seg.); Taste Lab – Shopping Estação Cuiabá, não tem telefone. 10h/22h.  Aberto em 2014. $$$

(Preços apurados entre abril e maio de 2019).

Veja também: Tudo sobre Veja Comer & Beber Cuiabá 2019

Continua após a publicidade
Publicidade