Clique e assine a partir de 9,90/mês

Leonardo Gonçalves é eleito o chef do ano em Fortaleza

Júri de VEJA COMER & BEBER entrega o troféu ao cozinheiro á frente de O Mar Menino, premiado duplamente em 2019

Por Mônica Santos - Atualizado em 7 dez 2019, 01h01 - Publicado em 7 dez 2019, 00h01

Mais que bom cozinheiro, Leonardo Gonçalves é um grande contador de histórias. E para verificar isso basta ter com ele uns minutos de prosa ou passar os olhos pelo cardápio do seu restaurante na capital, O Mar Menino. Publicitário de formação, ele desempenhou a carreira durante uma década em São Paulo, trabalhando em algumas das maiores agências do país, até se decidir pela cozinha. Talvez seja herança da sua primeira fase profissional a prática de investigar muito antes de construir novas narrativas. De 2015 para cá, contudo, seus brainstorms são outros, Ceará adentro, e a sua história preferida é a da identidade da culinária regional — ao lado do chef Marcos Gil, ele abraçou o movimento que chamam de DOC, ou “denominação de origem cearense”. Nesse trabalho, em que se valorizam os ingredientes regionais e as pessoas que os produzem, uma de suas mais recentes investidas é o arroz que batizou de serrano, cultivado em microrregiões do Maciço do Baturité, na Palmácia, e da Serra de Ibiapaba. Ricos em amido, tal qual os famosos carnaroli e arbóreo italianos, os grãos ganharam uma seção exclusiva no menu. A primeira receita da lista, chamada justamente de arroz serrano (R$ 66,00), leva ainda outros ingredientes cheios de identidade: cogumelos de Guaramiranga, feijão-verde da região frito e, na finalização, pó de um café produzido no município de Mulungu. A preparação chega em uma cerâmica especialmente desenvolvida para ela pela artesã Vivian de Pontes Vieira, da Bone Ceramics, também cearense. Quer prato mais DOC que isso?

Quer conhecer todos os campeões e o roteiro completo de VEJA COMER & BEBER Fortaleza 2019? Clique aqui.

Publicidade