Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

As melhores docerias de Cuiabá segundo VEJA COMER & BEBER Cuiabá

A lista, que inclui ainda uma creperia e um empório gourmet, faz parte da terceira edição do guia gastronômico dedicada à capital do Mato Grosso

Por Ana Flávia Corrêa, Iracy Paulina, Lidiane Barros, Luly Zonta, Maria Clara Cabral, Mariani Campos, Rodrigo Meloni e Rodivalho Ribeiro Atualizado em 22 Maio 2019, 13h10 - Publicado em 18 Maio 2019, 23h59

Baba de Moça

A rede administrada por Maria Cristina Sauer ao lado de seu filho, Fernando, sempre tem novidades no cardápio. Uma das mais recentes é a torta chocólatra (R$ 75,00 o quilo). Trata-se de um bolo de chocolate recheado com brigadeiro e coberto com chantili de brigadeiro. Releitura do popular salgadinho, a coxinha doce tem massa de brigadeiro e recheio de morango (R$ 8,00). Outra receita popular entre a clientela, a pina colada é um bolo de abacaxi com chantili e coco (R$ 10,00 a individual). Entre os salgados, fazem sucesso os empadões, entre eles o de carne-seca com banana (R$ 65,00; dez fatias). Avenida Senador Filinto Müller, 202, Popular, 3321-9001 (40 lugares). 10h/19h (sáb. a partir das 9h; fecha dom.); Shoppings Estação Cuiabá, 3052-2002. 10h/22h (dom. e feriados a partir das 11h). Mais três endereços. Aberto em 1994.

Bee Brownie

Preparados sob a batuta do casal Bianca Mastelaro e Ésio de Lima Junior, os brownies são o carro-chefe da marca – o tradicional sai por R$ 5,00. Sua versão mais pedida é a que vem à mesa escoltada por sorvete de creme e calda de chocolate ou caramelo (R$ 14,00). Da temporada que passaram em Budapeste, os proprietários trouxeram a inspiração para a receita do cinnamon roll (R$ 7,00), pão doce com canela, creme e caramelo, outro hit da casa. No rol de salgados, os panini com recheios caprese, carbonara ou peperoni (R$ 18,00) são boas pedidas para o lanche. Avenida Getúlio Vargas, 1385, Goiabeiras, 99959-0108 (20 lugares). 13h/20h (fecha seg.). Aberto em 2017. Aqui tem iFood.

Cia do Bolo

O repertório de 34 receitas de bolo inclui versões doces e salgadas. Apesar das açucaradas liderarem a preferência da clientela, também tem boa saída o de milho com recheio de calabresa, queijo e orégano (R$ 18,00). Para acompanhar o cafezinho ou para a sobremesa, há bolos doces como o de mandioca com recheio de Catupiry e goiabada (R$ 20,00) e uma novidade: o de capim-cidreira com cobertura de brigadeiro de capim-cidreira e limão (R$ 26,00). Recentemente, a proprietária, Tânia Favero, incorporou ao menu versões veganas de cenoura, laranja, limão, chocolate e coco (R$ 18,00 cada um). Avenida Carmindo de Campos, 1632, Campo Velho, 3023-7661 (20 lugares). 7h30/18h (sáb. até 12h; fecha dom.); Avenida Brasil, 1853, Verdão, 3054-2620. 7h30/18h30 (sáb. até 17h30; fecha dom.). Aberto em 2015. Aqui tem iFood.

Fábula de Doces Finos

Tarso Quadros e sua equipe são incansáveis na criação de novos doces. Um das receitas mais recentes, o bolo martha rocha combina pão de ló branco e de chocolate, doce de ovos, chantili, suspiro, pêssego em calda e farofinha crocante de castanha de caju (o quilo custa R$ 89,90 na loja ou R$ 84,90 para levar). Outra sugestão é a pavlova, um suspiro combinado a morangos frescos e chantili (R$ 115,00 o quilo para consumo na loja ou R$ 89,90 para levar para casa). Ao lado das guloseimas, vai bem um cappuccino cremoso, preparado com chantili (R$ 9,50). Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1178, Jardim Kennedy, 3627-1488 (24 lugares). 10h/18h30 (sáb. até 18h; fecha dom.). Aberto em 2009. Aqui tem iFood.

Magrello (campeã de 2019)

Em julho do ano passado, a doceria do bairro Popular foi transferida para outro imóvel, no Jardim Cuiabá. O novo endereço, maior e com serviço de café da manhã, almoço e lanche da tarde, é mais uma conquista na vitoriosa trajetória desse negócio familiar, iniciado há 26 anos com um modesto carrinho de cachorro-quente. Sempre ligado nas novidades do ramo, Alessandro Albert foi calibrando os rumos do empreendimento junto com a mãe, a chef pâtissière Beatriz Albert, até que a confeitaria se firmasse como uma das melhores da cidade. A virada açucarada se deu a partir do ano 2000. “Com a chegada do McDonald’s a Cuiabá e a febre do lanche baguncinha, nosso movimento de salgados caiu e decidimos investir em bolos e doces”, conta ele. Apesar de o cardápio contemplar receitas salgadas, as tortas doces, sobretudo as individuais, são as vedetes nas quatro lojas. Das mais de cinquenta opções, ao menos vinte estão disponíveis diariamente. A naked cake (pão de ló vermelho, recheio de estrogonofe de nozes e cobertura de frutas da estação e açúcar) sai a R$ 16,50 no tamanho individual. Com o mesmo preço, também faz sucesso a receita que combina pão de ló e recheio de chocolate mais morango, chantili e, na cobertura, ganache e lascas de chocolate. Na versão inteira, ambas custam R$ 79,90 o quilo. Rua das Papoulas, 70, Jardim Cuiabá, 3623-0959 (80 lugares). 8h/20h; Pantanal Shopping. Não tem telefone. 10h/22h (dom. a partir das 11h). Mais
dois endereços. Aberto em 1993. Aqui tem iFood.

Noisette Chocolates

Os chocolates da casa ganharam nova cor, agora também preparados com o ruby, produto da marca Callebaut que tem tonalidade naturalmente rosa e sabor frutado. A barra de 100 gramas deste chocolate custa R$ 10,00. O carro-chefe do local continua sendo o fudge, de textura bem cremosa. Preparados pelas sócias Lie Kinjo de Oliveira e Ellen Kanashiro, eles têm versões como a que leva castanha de caju e a de chocolate amargo com cumaru (R$ 4,50 cada um). No rol de receitas salgadas, faz sucesso o croissant recheado com peito de peru, queijo branco, rúcula e tomate seco (R$ 12,00) – na versão açucarada, o folhado vem com Nutella e chocolate (R$ 15,00). Rua João Bento, 807, Quilombo, 99984-0807 (15 lugares). 9h/18h (sáb. até 15h; fecha dom.) Aberto em 2017.

Simoni Klauk Pâtisserie

Continua após a publicidade

Sob orientação da avó, Simoni Klauk começou a fazer bolo ainda criança, aos 9 anos. Quando abriu sua própria confeitaria, ela resgatou as memórias e idealizou uma loja com clima retrô, que lembra uma casa de avó. Ali, os clientes encontram bolo de cenoura com chocolate belga – o maior hit da marca é do tipo vulcão, com bastante cobertura (R$ 25,00, para duas pessoas). No pote, a receita sai por R$ 12,00, mesmo preço do brownie com brigadeiro branco. Outro queridinho da clientela é o bolo gelado de coco servido em fatia, que tem versões de coco, leite Ninho, prestígio e brigadeiro (R$ 8,00 cada um). Avenida São Sebastião, 3236, Quilombo, 99973-1538. 12/18h30 (sáb. 10h/13h). Aberto em 2017. Aqui tem iFood.

Sweeterella

Para uma experiência completa, a casa reúne a expertise da chef pâtisserie Thais Milan e de seu marido, o barista Jorge Peralta. A seleção de guloseimas inclui macarons (R$ 4,50 cada um) e bolos como o brownielicious (R$ 18,00), com camadas intercaladas de musse e ganache de chocolate. Novidade, a musse de chocolate branco com maracujá, praliné de avelãs e dacquoise de coco custa R$ 18,00. No rol de salgados, o destaque são as empanadas peruanas (R$ 10,00), servidas com molho de pimenta típico. Para beber, os clientes escolhem entre vinhos, chás e bebidas feitas à base de café, caso do cappuccino que leva o nome da casa (R$ 16,00), com gotas de chocolate belga. Avenida Presidente Getúlio Vargas, 661, Centro Norte, 2129-4611. 8h30/18h30 (feriados 9h/18h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2015.

Vilma Confeitaria

Entre as dezenas de guloseimas feitas pela confeiteira Vilma de Oliveira, que dá nome à marca, o bolo de quatro leites (R$ 58,00 o quilo) é o protagonista do cardápio. O doce é composto de três camadas de massa branca umedecida com leite de coco, mais duas camadas de um recheio consistente, feito com leite em pó, leite condensado e creme de leite. Entre as sugestões salgadas, há torta de pão de forma com frango desfiado (R$ 50,00 o quilo). Durante a semana, até 10h da manhã, café, leite e chá são por conta da casa. Avenida Quinze de Novembro, 208, Porto, 3623-5698 (20 lugares). 7h30/18h30 (sáb. até 17h; fecha dom.). Aberto em 2009.

CREPERIA

La Gourmandise Creperia

Isabelle Ledon homenageia seu país de origem, a  França, neste endereço cuiabano. O cardápio sugere receitas como a da galette recheada com ratatouille de legumes, filé-mignon e queijo mussarela (R$ 31,90). Entre as pedidas doces, o crepe de caramelo cremoso continua fazendo sucesso, ele é servido com frutas da estação e sorvete de creme (R$ 28,00). A casa também prepara pizzas com massa de fermentação natural, entre elas a coberta com  fatias de presunto cru, requeijão cremoso, mussarela e rúcula (R$ 74,00). Avenida Djalma Ferreira, s/n°, Morada do Ouro, 99341-3496 (50 lugares). 19h/23h (dom. até 22h; fecha seg. e ter.) Aberto em 2014.

EMPÓRIO GOURMET

Big Lar

Antigo conhecido dos cuiabanos, este empório tem jeitão de supermercado, mas se destaca pela boa seleção de produtos, muitos deles importados. A clientela sabe que nas prateleiras das quatro unidades da marca, podem ser encontrados itens raros em outras lojas da cidade. Entre eles: há chocolate belga Cachet de caramelo com sal marinho (R$ 15 a barra de 100 gramas) e azeite de oliva grego Kalamata D.O.P. (R$ 30,00; 500 mililitros). Vinhos de países e preços diversos, do Chile à Austrália, também podem ser encontrados. Avenida Miguel Sutil, 10223, Duque de Caxias, 3317-5900. 24 horas (fecha no domingo às 22h e reabre na segunda às 7h); Avenida Brasília, 650, Jardim das Américas, 3618-5900. 7h/22h; Avenida Senador Filinto Müller, 2000, Centro Norte, Várzea Grande, 3688-5900. 7h/22h (dom. até 13h). Aberto em 1978.

(Preços apurados entre abril e maio de 2019).

Veja também: Tudo sobre Veja Comer & Beber Cuiabá 2019

Continua após a publicidade
Publicidade