Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tenista romeno é banido do esporte por manipulação de resultado

Alexandru-Daniel Carpen foi punido por ter oferecido dinheiro a tenista em 2013

Por da redação 11 jan 2017, 10h41

O romeno Alexandru-Daniel Carpen foi banido do tênis nesta terça-feira. Julgado por participação em um esquema de manipulação de resultados, o atleta de 30 anos foi considerado culpado e, por isso, recebeu a punição máxima da Unidade de Integridade do Tênis (TIU, na sigla em inglês).

  • De acordo com o órgão que combate a corrupção na modalidade, Carpen foi acusado de ter oferecido dinheiro a outro tenista para manipular o resultado de uma partida em outubro de 2013. A TIU explicou que o romeno admitiu a tentativa de fraude em 2015.

    Carpen teve uma carreira de pouco sucesso no tênis e sequer participou de torneios da ATP ao longo dela, baseando sua trajetória na disputa de Challengers e competições da Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês). Sua melhor colocação no ranking de simples foi 1.088.º, em 2007. Nas duplas, chegou a ser 274.º em 2015.

    (com Estadão Conteúdo)

    Continua após a publicidade
    Publicidade