Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Serena Williams bate Rawanska e conquista o penta em Wimbledon

A tenista americana Serena Williams conquistou o torneio de Wimbledon pela quinta vez da sua carreira neste sábado, ao derrotar na decisão a polonesa Agnieszka Radwanska em três sets, com parciais de 6-1, 5-7 e 6-2.

Este foi o 14º título da americana em torneios do Grand Slam. Ao conquistar o pentacampeonato na grama londrina, ela igualou a marca da sua irmã Venus, sendo que as duas venceram juntas 10 das 13 últimas edições de Wimbledon.

“Mais uma vez, tive que copiar você”, brincou Serena ao acenar para a irmã mais velha, que assistiu à partida ao lado dos pais no camarote.

Muito emocionada, a americana, que já tinha levantado o troféu em 2002, 2003, 2009 e 2010, ficou deitada na grama por alguns segundos depois do ‘match point’ e não conseguiu conter as lágrimas.

“Mal posso descrever o que sinto. Nem sonhava em poder voltar a jogar aqui”, declarou a campeã, que mostrou um belo exemplo de superação após ter sofrido graves problemas de saúde.

Este foi o primeiro título importante de Serena desde a edição de 2010 de Wimbledon. Em fevereiro 2011, ela teve uma embolia pulmonar e precisou ser operada de emergência.

Desde então, a americana chegou à final do US Open, no último mês de setembro, mas foi derrotada pela australiana Samantha Stosur.

Serena começou a final deste sábado de forma arrasadora, abrindo logo uma vantagem de 5 a 0 no primeiro set. Radwanska foi ovacionada pelo público quando finalmente venceu seu primeiro game na partida, mas a Serena fechou a parcial com facilidade em 6 a 1.

Logo depois, a partida foi interrompida por vinte minutos pela chuva que obrigou os organizadores a fechar o teto da quadra central.

Quando a final foi retomada, a americana chegou a abrir uma vantagem de 3 a 1 no segundo set, mas Radwanska reagiu, conseguiu virar e venceu a parcial em 7 a 5.

No entanto, Serena voltou dominar sua adversária no terceiro, que levou por 6 a 2, encerrando a partida após 2h02 de jogo.

“Foi muito difícil, Agnieszka jogou muito bem”, elogiou a americana.

Radwanska, de 23 anos, também estava muito emocionada após ter disputado sua primeira final no torneio do Grand Slam. “Estas foram as duas semanas mais lindas da minha carreira”, declarou a vice-campeã.

Com a derrota, a polonesa, número três do mundo, perdeu a oportunidade de assumir a liderança do ranking da WTA, que ficou com a bielorussa Victoria Azarenka, eliminada por Williams nas semifinais de Wimbledon, desbancando a russa Maria Sharapova, que caiu nas oitavas.