Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ovacionado, Domingos reverencia santistas e tem futuro incerto

A torcida do Santos reconheceu o esforço do Guarani e teve uma atitude de muito respeito com o adversário, aplaudindo enquanto o elenco do Bugre deixava o gramado, no lado oposto da festa alvinegra. Atrasado em relação ao grupo campineiro por poucos segundos, o zagueiro Domingos cruzou sozinho o campo em direção ao vestiário, recebendo o apoio dos santistas.

Os aplausos ao elenco adversário se transformaram em gritos de incentivo ao defensor. ‘Domingos, Domingos…’, entoaram os santistas. Imediatamente, o zagueiro parou no gramado, esticou os braços e se curvou, reverenciando os alvinegros que ainda enchiam as arquibancadas.

Formado nas categorias de base do Peixe, o zagueiro se tornou peça importante do Guarani no vice-campeonato paulista desta temporada. No entanto, o defensor ainda tem presença incerta no Brinco de Ouro, já que seu contrato termina neste mês de maio.

‘Conversei com o Domingos hoje (domingo) e vou bater mais um papo com ele na semana, talvez na terça. Os demais todos têm contrato até o fim do ano’, explicou o presidente bugrino, Marcelo Mingone.

Na saída do campo, o zagueiro ainda ganhou de presente a camisa do amigo Neymar, que marcou dois gols do Santos na vitória por 4 a 2 sobre o Bugre.

Enquanto a torcida santista fez festa para Domingos, os bugrinos se envolveram em confusão no Morumbi. Ainda no primeiro tempo, os torcedores campineiros entraram em confronto com policiais militares no pequeno espaço destinado aos visitantes.