Clique e assine com até 92% de desconto

Nadal vence Murray e pega Djokovic na final do US Open

Por Al Bello 11 set 2011, 00h39

O espanhol Rafael Nadal, número dois do mundo, venceu neste sábado o escocês Andy Murray (N.4) por 6-4, 6-2, 3-6, 6-2 para se classificar pelo segundo ano consecutivo para a final do Aberto de tênis dos Estados Unidos, que será disputada contra o sérvio Novak Djokovic.

Pouco antes, Djokvic havia superado o cinco vezes campeão do torneio, o suíço Roger Federer, em uma partida emocionante que terminou em 6-7 (7/9), 4-6, 6-3, 6-2, 7-5.

Este será a 28º confronto entre Nadal e Djokovic. O histórico de partidas entre os dois é liderado pelo espanhol por 16-12, mas o sérvio venceu os cinco últimos duelos deste ano.

“Não posso dizer o que vou fazer para vencer Novak, porque ele é um jogador muito difícil, mas prometo a todos que vou me esforçar ao máximo para manter o título”, disse Nadal à beira da quadra, ao final de uma partida de 3 horas e 24 minutos.

O espanhol dominou o jogo nos aspectos essenciais, impondo um serviço bem encaixado, que deu a ele 67% de seus primeiros serviços, e chegando a 80% de devolução, além de ter cometido 23 erros não forçados contra os 55 de Murray.

Nadal só se complicou no terceiro set, quando seu rendimento nas devoluções caiu consideravelmente, e Murray aproveitou para arriscar com subidas à rede e vencer por 6-3, mantendo a esperança.

Mas no último set o espanhol voltou a se impor com tranquilidade para chegar a sua 13ª vitória sobre o escocês em 17 partidas.

Continua após a publicidade
Publicidade