Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mundial: Ingrid Oliveira tem pior desempenho da carreira

Atleta brasileira de saltos ornamentais terminou em último na plataforma de 10 metros no Mundial de Budapeste

A saltadora Ingrid Oliveira teve o pior desempenho de sua carreira na plataforma de 10 metros no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria. Com apenas 228 pontos, a saltadora ficou na 37ª e última colocação.

Ingrid até começou de forma regular, terminando a primeira rodada em 16° lugar. Na segunda, acabou em 21°. Tinha esperanças de terminar entre as 18 classificadas para a rodada final, mas novamente falhou no duplo e meio mortal de costas, salto que sempre prejudica as notas da atleta (tirou zero nos Jogos Pan-Americanos e nota 2 nas Olimpíadas). Com notas 3 e 4, caiu par a 33ª colocação. Após as rodadas finais, caiu mais ainda e terminou na última colocação.

Mesmo com notas baixas nas fases preliminares do Pan-Americano e das Olimpíadas, a atleta teve notas finais e desempenho bem superiores às atuais. No Pan, marcou 266,7 pontos e ficou na sétima colocação entre oito saltadoras, classificando-se para a fase final (todas se classificavam). Já nas Olimpíadas, marcou 281,9 pontos, terminando na 22ª colocação entre 28 participantes.

Infelizmente as coisas não saíram conforme o esperado. Hoje realmente não foi o meu dia. Fico triste em não saltar tão bem como nas minhas competições anteriores, mas agora é hora de rever os meus erros e aprender com cada um deles”, escreveu a atleta em seu Instagram.