Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

IMPERDÍVEL: Abraham Palatnik ganha retrospectiva no CCBB Rio

Mostra sobre trabalho do pioneiro da pintura brasileira em movimento fica em cartaz até abril — depois segue para Brasília

Abraham Palatnik, artista plástico brasileiro e pioneiro na técnica da pintura e escultura em movimento, ganhou uma retrospectiva de sua obra com a exposição Abraham Palatnik – A Reinvenção da Pintura no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro (CCBB Rio). A mostra está em cartaz desde o dia 1º de fevereiro e reúne 85 trabalhos do artista nascido em Natal em 1928, de pais russos, criado em Tel Aviv, na então Palestina, e desde 1947 – há 70 anos, portanto – residente do Rio.

Estão em exposição, no segundo andar do CCBB Rio, pinturas, aparelhos cinecromáticos, objetos cinéticos, objetos lúdicos, mobiliário e desenhos de projetos, provenientes de acervos particulares e institucionais do país e, principalmente, da coleção do próprio artista. Também fazem parte pinturas de pacientes psiquiátricos do hospital do Engenho de Dentro que influenciaram uma mudança de rota na carreira do artista.

Veja também

Em 1949, Palatnik começou a pesquisar sobre luz e movimento até criar os chamados “aparelhos cinecromáticos” — caixas com lâmpadas cujo deslocamento era acionado por motor, criando imagens de luzes e cores em movimento. Com o cinecromático Azul e roxo em seu primeiro movimento, Palatnik participou da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1951

Em 1964, o artista criou os “objetos cinéticos”, construídos por hastes ou fios metálicos que têm nas extremidades discos de madeira de várias cores e são movimentados por um motor.

A exposição Abraham Palatnik – A Reinvenção da Pintura fica em cartaz até 10 de abril no CCB do Rio de Janeiro, e pode ser vista de quarta a segunda-feira, das 9h às 21h, com entrada franca. A partir de 23 de abril a mostra segue para o CCBB de Brasília, onde fica até 14 de setembro.

(Com Agência Brasil)