Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Virgil Abloh, diretor criativo da Louis Vuitton, morre aos 41 anos

Estilista manteve em segredo o diagnóstico de câncer e continuou trabalhando enquanto se tratava

Por André Sollitto 28 nov 2021, 17h03

O estilista norte-americano Virgil Abloh, diretor criativo de moda masculina da Louis Vuitton e fundador da grife Off-White, morreu neste domingo, aos 41 anos. Abloh foi diagnosticado com angiossarcoma cardíaco em 2019, mas manteve a doença em segredo.

“Estamos todos em choque com essa notícia terrível”, escreveu Bernard Arnault, CEO do conglomerado de luxo LVMH, dono da Louis Vuitton. “Virgil era não apenas um estilista genial, um visionário, mas um homem com uma linda alma e grande sabedoria”.

A carreira de Ablohl na moda começou em 2009, em um estágio na Fendi, onde conheceu o rapper Kanye West. Os dois formaram uma parceria criativa que se manifestou especialmente na campanha de lançamento do álbum Watch the Throne, de West e Jay-Z. 

Em 2013, fundou a Off-White, grife de luxo baseada em Milão que se consagrou pela proposta de apresentar criações entre a moda de rua e a alta costura. Nesse período, colaborou com marcas como Nike e IKEA e com artistas como o japonês Takashi Murakami em linhas de produtos.

Seu grande momento veio em 2018, quando foi nomeado diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton, tornando-se o primeiro afro-americano a ocupar a posição. Seu trabalho marcou um novo momento da alta costura em que a influência do streetwear se tornou proeminente, aproximando os joves das semanas de moda. A LVMH também teve retorno financeiro: após a nomeação de Abloh, as vendas cresceram 20% no ano seguinte. Citado por outros designers como o mais talentoso de sua geração, Abloh serviu de inspiração para que outras grifes também buscassem essa aproximação com a moda de rua.

Em junho deste ano, a LVMH comprou uma fatia de 60% na Off-White. Abloh manteve os outros 40%. O designer também expandiu sua atuação além da moda, colaborando com criações em outros setores do conglomerado, como hotelaria e joalheria.

Abloh deixa a mulher, Shannon Sundberg, e filhos, Lowe e Grey

Continua após a publicidade

Publicidade