Clique e assine a partir de 8,90/mês

MTV acaba com a diferenciação de gênero em premiação

Emma Watson e Hugh Jackman, por exemplo, concorrem agora na mesma categoria

Por Da redação - Atualizado em 7 abr 2017, 15h16 - Publicado em 7 abr 2017, 15h04

A MTV vai extinguir a diferenciação de gênero nas categorias de atuação no Movie e TV Awards, premiação do canal americano que escolhe os melhores do cinema e da televisão. A partir deste ano, só haverá duas categorias, melhor ator em filme e melhor ator em seriado, em que concorrerão, juntos, homens e mulheres.

Os indicados à premiação foram anunciados nesta quinta-feira. Nas categorias de atuação em filme, concorrem Daniel Kaluuya (Corra!), Emma Watson (A Bela e a Fera), Hailee Steinfeld (Quase 18), Hugh Jackman (Logan), James McAvoy (Fragmentado) e Taraji P. Henson (Estrelas Além do Tempo). Na categoria de TV, concorrem Donald Glover (Atlanta), Emilia Clarke (Game of Thrones), Gina Rodriguez (Jane the Virgin), Jeffrey Dean Morgan (The Walking Dead), Mandy Moore (This Is Us) e Millie Bobby Brown (Stranger Things). A entrega do prêmio acontece no dia 7 de maio.

Outras questões de gênero nas premiações de Hollywood entraram em pauta nesta semana. Asia Kate Dillion, que não se identifica nem com o gênero masculino nem com o feminino, enviou uma carta à academia responsável pelo Emmy, a maior premiação da TV americana, questionando a diferenciação entre os gêneros nas categorias de atuação. Asia integra o elenco do seriado Billions e desejava se inscrever ao prêmio de coadjuvante.

“Gostaria de saber se aos olhos de vocês ‘ator’ e ‘atriz’ denotam anatomia ou identidade e por que é necessária essa diferenciação, para começar”, escreveu Asia em sua carta. “Quero envolver vocês nessa discussão porque, se as categorias de ‘ator’ e ‘atriz’ representam ‘melhor performance de uma pessoa que se identifica como mulher’ ou ‘melhor performance de uma pessoa que se identifica como homem’, então não há espaço para a minha identidade dentro desse sistema binário.”

Em resposta, a academia afirmou que Asia poderia se inscrever em qualquer categoria que escolhesse. Asia escolheu, então, entrar na categoria de melhor ator, porque considera que “ator é uma palavra sem gênero”.

Continua após a publicidade
Publicidade