Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Pôster acusa Meryl Streep no caso Weinstein: ‘Ela sabia’

Imagem colada em diversos pontos da cidade acompanham a frase 'ela sabia', se referindo aos casos de assédio sexual e estrupo envolvendo o produtor

Por Da redação Atualizado em 20 dez 2017, 16h11 - Publicado em 20 dez 2017, 16h01

Pôsteres com uma foto da atriz Meryl Streep e do produtor Harvey Weinsten, com a frase “Ela sabia” (“She knew”), foram espalhados pela cidade de Los Angeles na última terça-feira. As imagens fazem coro às suposições de que a atriz tinha conhecimento dos casos de assédio sexual protagonizados pelo produtor de Hollywood. Os autores dos cartazes continuam anônimos.

  • Após o escândalo que explodiu em setembro deste ano, a partir de uma matéria especial do jornal The New York Times e da revista The New Yorker, e resultou em denúncias de mais de 60 mulheres contra o magnata por assédio sexual e estupro, Meryl Streep divulgou um comunicado em que afirmava estar surpresa com as notícias. Ela trabalhou com Weinstein em filmes como A Dama de Ferro (2011) e Álbum de Família (2013). “Harvey apoiava o trabalho intensamente, era exasperante, mas respeitoso comigo em nossa relação de trabalho e com muitas outras pessoas com quem atuou profissionalmente”, disse no comunicado, divulgado em outubro.

    De acordo com a revista americana Entertainment Weekly, no último sábado, a atriz Rose McGowan chamou Meryl Streep de hipócrita no Twitter por não ter se pronunciado sobre Weinstein antes do escândalo vir à tona. Meryl divulgou um novo comunicado em que refirma: “Eu não estava quieta deliberadamente. Eu não sabia.  Não aprovo o estupro tacitamente. Não gosto que jovens mulheres sejam assediadas. Não sabia que isso estava acontecendo”.

    Continua após a publicidade
    Publicidade