Clique e assine a partir de 9,90/mês

Demi Moore compara Ashton Kutcher a vício: ‘O mais devastador’

Ao lado das filhas, a atriz revelou detalhes sobre a relação difícil com o ator e o impacto disso em sua recaída no consumo de álcool e drogas

Por Redação - Atualizado em 5 nov 2019, 12h56 - Publicado em 5 nov 2019, 12h32

Nesta segunda-feira 4, a atriz Demi Moore voltou a falar sobre o seu conturbado relacionamento com Ashton Kutcher em uma entrevista ao talk show online Red Table Talk. A atriz – que já teve problemas com abuso de substâncias – comparou a relação a um vício e revelou que os conflitos com o ex-marido impactaram, inclusive, na relação com as filhas.

“O vício e a co-dependência… Meu vício pelo Ashton provavelmente foi o mais devastador porque me sugou emocionalmente”, revelou ela, acompanhada de Rumer and Tallulah Willis, duas das três filhas que teve com o ator Bruce Willis.

Demi e Kutcher se divorciaram em 2013, depois de um casamento que durou cerca de oito anos – durante esse período, em uma viagem com o ex-marido, a atriz quebrou um jejum de álcool e drogas que teria perdurado por quase vinte anos.

“Ashton disse: ‘Eu não sei se alcoolismo é um problema, a questão é ter moderação’. Eu vivi a maior parte da minha vida sóbria e estava ótima, se tivesse seguido meu tratamento”, contou a atriz.

Questionada sobre o que a fez abandonar a sobriedade, Moore ponderou: “Eu criei essa ideia de que ele queria alguém com quem pudesse tomar um vinho e curtir, mas ele não é o motivo de eu ter aberto essa porta. Eu queria ser algo além de quem eu era, e abandonei o meu controle”.

Depois do divórcio, motivado por uma traição de Kutcher, a atriz buscou refúgio nas drogas para aliviar a dor da perda, e voltou a sofrer com o abuso de álcool e Vicodin – um opióide prescrito originalmente para dores fortes.

A recaída lhe custou a relação com as três filhas: duas delas saíram de casa e a mais nova, que viu a mãe recair pela primeira vez quando tinha 9 anos, deixou de falar com Demi.

“Ver os comportamentos dela com o Ashton durante aqueles anos… Todos tinham saído de casa e era só eu vivendo ali. Então, eu me senti esquecida e nutri uma narrativa de que ela não me amava. Eu realmente acreditava nisso”, revelou Tallulah, hoje com 25 anos. “Eu tenho 100% de certeza de que ela me ama, mas naquele momento eu estava machucada”.

Continua após a publicidade

Isolada e em agonia, a atriz chegou a pesar 46 quilos. Em 2012, foi levada para um hospital após fumar uma espécie sintética de maconha e inalar um gás tóxico numa festa.

“A primeira coisa que me veio à cabeça foi como eu cheguei ali. Depois de tudo o que eu passei, como cheguei a isso?”, contou ela em entrevista recente ao Good Morning America

A atriz lançou em setembro o livro Inside Out, biografia que revela detalhes de seus relacionamentos com Kutcher e Willis, além da batalha contra os vícios. A obra ainda não tem previsão de publicação no Brasil.

Confira a entrevista:

Demi Moore and Her Daughters

For the first time, Demi Moore and daughters Rumer & Tallulah Willis come to the Table to share intimate details about Demi’s best-selling memoir “Inside Out,” the difficulties of their traumatic mother-daughter relationship, Demi's life threatening addiction, as well as the men in her life and why their family didn’t speak for three years.

Posted by Red Table Talk on Monday, November 4, 2019

Continua após a publicidade
Publicidade