Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

‘Rainha das publis’: como a drag Bianca DellaFancy entrou em ‘Renascer’

Persona artística do paulista Felippe Souza será Janaina em trama da TV Globo

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h16 - Publicado em 17 abr 2024, 11h00

Bianca DellaFancy, persona drag do artista paulista Felippe Souza, estreou em novelas após sucesso conquistado em dez anos de internet. Vivendo a drag queen Janaína em Renascer, contracena ao lado das atrizes Gabriela Loran e Galba Gogoia, trio de amigas da Buba (Gabriela Medeiros). Felippe falou com a coluna sobre o desafio que tem pela frente.

Como surgiu o convite para a novela? Da própria emissora. Uma mensagem que, a princípio, pensei que fosse um trote, e não dei muita atenção (risos). Não é sempre que se recebe um convite para participar da novela das nove. Pouco tempo depois, vi que era verdade e transbordei de felicidade. Atuação é uma área que sempre me brilhou os olhos, essa oportunidade alimenta ainda mais minha vontade de me expressar artisticamente, pretendo estudar cada vez mais para me aperfeiçoar.

O que fazia antes de se tornar atriz? Minha carreira é pautada em comunicação. Seja no meu podcast “Quanto Vale essa História?”, redes sociais ou no meu canal do YouTube, o “Tá Bom Pra Você?”, coloco em prática a necessidade que sinto em não só contar a minha história de vida, mas também de conhecer as histórias dos meus convidados, ouvintes e telespectadores Além disso, com mais de 10 anos na arte drag, consolidei meu nome no mercado publicitário e hoje trabalho com as maiores marcas do Brasil em diversos segmentos. Sou a “rainha das publis” (risos).

Sempre foi fã de novela? Cresci em frente à televisão com minha família reunida no sofá da sala, um prato de comida no colo e os olhos vidrados na tela. Ai de quem ousasse trocar de canal na novela das nove, até os comerciais eram obrigatórios (risos). Sempre fui fascinado por atrizes que mergulham de cabeça em suas personagens. Como Carolina Dieckmann raspando os cabelos em Laços de Família, por exemplo. Ou as vilãs Bia Falcão (Fernanda Montenegro), Nazaré Tedesco (Renata Sorrah) e tantas outras.

Continua após a publicidade

Como um papel na TV pode ajudar a combater o preconceito? Janaína, minha personagem, quando não está montada se chama Jorge e é um homem gay preto, que trabalha como drag queen fazendo shows em boates, com sonho de se tornar uma estrela. Janaína representa pessoas que estão à margem da sociedade, são comumente descartadas, sofrem racismo, homofobia e se agarram num sonho para perpassar obstáculos. Janaína representa muitos e muitas, que encontraram o significado de família nos amigos e seu papel ajuda a humanizar tantos de nós. Na novela, intercalo cenas onde estou de Jorge e de Janaína, para que as pessoas entendam que drag queen é expressão artística, e não identidade de gênero. Fico feliz em interpretar uma personagem cuja narrativa não gira em torno de dores, mas de sonhos.

Quais são seus projetos de futuro? Estou cada dia mais feliz em fazer parte da novela, as gravações continuam em paralelo com a nova temporada do “DellaMake” no meu canal do YouTube, e também começo a gravar muito em breve o meu programa na DiaTV, com Rafa Chalub. Posso garantir que vai ser incrível.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.