Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Os três maiores erros de ‘Fuzuê’, segundo especialista em novelas

Trama terá último capítulo veiculado nesta sexta-feira, 1º de março

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 1 mar 2024, 10h00

Fuzuê, trama das sete da TV Globo que chega ao fim nesta sexta-feira, 1º, desapontou na audiência – ficando em torno de 19 pontos (cada ponto equivale a 207 mil indivíduos na Grande São Paulo). Sua antecessora, Vai na Fé, atingia 22,2 no mesmo período. Mauro Alencar, doutor em Teledramaturgia pela USP, conversou com a coluna sobre quais seriam os maiores erros da novela: interpretações exageradas, história fantasiosa demais e o enredo do tesouro que não agradou ao público.

“Quando eu comecei a assistir a Fuzuê, realmente pensei ‘isso não vai dar certo’, porque tinha um tom extremamente exagerado, interpretações exageradas… Ou seja, uma falta de sintonia com o que o público aspira nesse momento. Não é só fazer uma coisa engraçada, um pastelão. Tem essa questão da estética da novela e a história contada. A história do tesouro, talvez para o contemporâneo, para uma novela, não caiu no agrado do público. Uma coisa muito falseada. Além do que, hoje existe uma profusão de produtos. E aí você apresenta uma história fora do que o público aspira, uma história fantasiosa, personagens exagerados, tendendo a uma caricatura… Logo, espantou o público mesmo”, diz Mauro, autor do livro A Hollywood brasileira.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.