Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Imperatriz Leopoldinense: Maria Mariá aposta na ‘sorte da cigana’ pelo bi

Cria da comunidade, rainha de bateria ajuda escola a apresentar a cultura cigana

Por Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
12 fev 2024, 04h31

Atual campeã do carnaval carioca, a Imperatriz Leopoldinense aposta suas fichas na cultura cigana para conquistar o bicampeonato em 2024. Com o enredo Com a sorte virada pra lua segundo o testamento da cigana Esmeralda, desenvolvido pelo carnavalesco Leandro Vieira, a Verde e Branco de Ramos conta a história de um cordel escrito há mais de 100 anos pelo poeta paraibano Leandro Gomes de Barros. Na obra, o autor constrói o testamento de uma cigana. “O que é meu é da cigana, o que é dela não é meu/ Quando chega fevereiro meu caminho é todo seu/ Vai clarear… olha o povo cantando na rua/ A Imperatriz desfila com a sorte virada pra Lua”, apresenta o refrão. O intérprete é Pitty de Menezes e o mestre de bateria Luiz Alberto Lolo. A escola fecha o primeiro dia de desfiles do Grupo Especial, neste domingo, 11, com a promessa de que a sorte está a seu lado.

Pelo segundo ano consecutivo, Maria Mariá, cria da comunidade, é a rainha de bateria. Moradora do Complexo do Alemão, a jovem de 21 anos faz parte da escola desde criança. Ela começou desfilando na ala mirim e, antes de receber a faixa de rainha, se destacava na ala das passistas da agremiação. Ela ainda é faixa preta de taekwondo e estuda Comunicação na UFRJ.  “Quem está de fora, não entende. Quem está dentro, é levado por uma energia inexplicável. Quem vive, perde o sentido se fica longe. E quem ama, sempre transborda!”, disse.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.