Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Escola ‘petista’, camelôs e Emicida: O que esperar do Grupo de Acesso

Dezesseis escolas desfilam nesta sexta-feira, 9, e sábado, 10, na Marquês de Sapucaí; confira os enredos

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Giovanna Fraguito Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 9 fev 2024, 15h00

O Grupo de Acesso, oficialmente chamado de Série Ouro, desfila a partir desta sexta-feira, 9, e segue na noite de sábado, 10. A segunda divisão do carnaval carioca apresenta enredos cujo objetivo maior é chegar ao Grupo Especial. Mesmo tendo um orçamento mais modesto que os das agremiações principais, a concorrência é alta e os integrantes dão o nome. O primeiro grupo que passa pela avenida é composto por: União do Parque Acari; Império da Tijuca; Acadêmicos de Vigário Geral; Inocentes de Belford Roxo; Estácio de Sá; União de Maricá; Acadêmicos de Niterói; Unidos da Ponte.

Estreando na Sapucaí, a União do Parque Acari perdeu uma parte significativa das fantasias que estavam prontas para o desfile no temporal que atingiu o Grande Rio no dia 15 de janeiro. A quadra da escola, onde os itens estavam armazenados, foi invadida pela força da água. O enredo escolhido é uma homenagem aos 50 anos do Bloco Ilê Aiyê, considerado o primeiro bloco afro do Brasil. Império da Tijuca, segunda escola a desfilar pela Série Ouro, homenageará a cantora Lia de Itamaracá. A Acadêmicos de Vigário Geral levará para Marquês de Sapucaí o enredo Sons e ritmos da capital da encantaria, sobre as tradicionais festas da cidade do Maranhão. Já a Inocentes de Belford Roxo mudou o enredo sobre Búzios, para tratar do comércio de rua e camelôs. Estácio de Sá desfila Chão de Devoção: Orgulho Ancestral. União de Maricá estreia na avenida com o empurrãozinho do deputado federal e vice-presidente nacional do PT, Washington Quaquá, ex-prefeito de Maricá, com o enredo O Esperançar do Poeta, uma homenagem ao ofício dos compositores. A Acadêmicos de Niterói trará para o carnaval a Festa de Catopês, de Montes Claros (MG). E para fechar esta primeira noite, a Unidos da Ponte leva o enredo Tendendém – O axé do epô pupá, que conta a saga do dendê desde a sua origem mítica em terras africanas.

No sábado, as escolas são: Sereno de Campo Grande; Em Cima da Hora; Arranco do Engenho de Dentro; União da Ilha; Unidos de Padre Miguel; São Clemente; Unidos de Bangu; Império Serrano.

A Sereno de Campo Grande entra na Sapucaí comemorando o 4 de dezembro, dia de Santa Bárbara, em pleno fevereiro. Em Cima da Hora leva o enredo A Nossa Luta Continua!, uma ode ao trabalhismo no Brasil, contra a precarização do trabalho, reafirmando a luta da classe operária. O Arranco vai celebrar a doutora Nise da Silveira e o Instituto Municipal de Assistência à Saúde que leva seu nome. Inspirado no livro Amoras, do rapper Emicida, e em demais contos infantis do universo da literatura negra brasileira, a União da Ilha do Governador faz uma viagem pelo olhar da infância com Doum e Amora: crianças para transformar o mundo. Unidos de Padre Miguel apresenta O Redentor do Sertão, no ano em que se comemora 180 anos do nascimento de Padre Cícero. Rebaixada do Grupo Especial no ano passado, a São Clemente celebra a vida e a obra do compositor Zé Katimba. Unidos de Bangu, em busca do título da Série Ouro, leva o enredo Jorge da Capadócia. Para encerrar os desfiles do grupo, o tradicional Império Serrano apresenta Ilú-ọba Ọ̀yọ́: a gira dos ancestrais, uma grande louvação aos orixás em forma de xirê.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.