Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Três séries sobre o show business muito melhores que a tediosa ‘The Idol’

Seriado com The Weeknd e filha de Johnny Depp é fracasso entre crítica e público — confira dicas sobre o mesmo tema, mas dignas da maratona

Por Thiago Gelli Atualizado em 15 Maio 2024, 23h55 - Publicado em 13 jun 2023, 11h34

Após meses dominando as noites de domingo, com as séries aclamadas A Casa do Dragão, The Last os UsSuccession, o canal HBO deixou sua qualidade cair drasticamente ao colocar no ar na sua faixa de horário mais nobre a série The Idol. Sob uma direção petulante de Sam Levinson e uma performance constrangedora do cantor The Weeknd, a série que se propõe a criticar a indústria do show business se afunda em cenas tediosas e erotismo barato. Confira a seguir três dicas de produções parecidas com The Idol, porém muito mais profundas, inteligentes e cativantes.

O Dilema de Suzie
Onde: Globoplay

The Idol é protagonizada pela popstar Jocelyn (Lily Rose-Depp), fenômeno jovem que acumula uma legião de fãs, mas cuja carreira entra em risco após a divulgação de uma foto íntima. Acrescente 25 anos à personagem de Depp e o resultado talvez esteja próximo ao de Suzie Pickles (Billie Piper), da série O Dilema de Suzie. Criada pela própria Piper ao lado da roteirista Lucy Prebble, de Succession, a série acompanha a personagem-título, ex-estrela pop adolescente, agora uma atriz frustrada. Quando uma foto comprometedora é vazada e expõe Suzie traindo o marido, seu mundo vira de ponta cabeça. Balanceando humor com drama tenaz e uma anti-heroína carismática, O Dilema se beneficia das boas tiradas de Piper, que, como ex-cantora teen, passou por todos os ambientes que agora retrata e satiriza.

Continua após a publicidade

Girls5eva
Onde: Netflix

Com produção executiva da comediante Tina Fey, esta série irônica acompanha um grupo de cantoras ao estilo da banda Rouge ou Spice Girls. Após o sucesso relâmpago nos anos 1990, as quatro participantes sobreviventes do grupo Girls5eva tiveram suas expectativas de sucesso destruídas, assim como a esperança de uma amizade duradoura. Separadas por vinte anos, elas são forçadas a se reunirem já na faixa dos 40 devido a infortúnios financeiros. Liderada por atuações cheias de energia e timing cômico — com destaque para a estrela da Broadway René Elise Goldsberry e a cantora Sara Bairelles —, a série brilha com o humor absurdo baseado no pior dos bastidores da indústria musical. A série chegou aqui pelo Globoplay, mas hoje é parte do catálogo da Netflix.

Continua após a publicidade

Irma Vep
Onde: HBO Max

Brilhantemente escrita e dirigida por Olivier Assayas, responsável pelo filme de mesmo nome de 1996, a minissérie explora a indústria cinematográfica francesa através de Mira Harberg (Alicia Vikander), atriz americana acostumada a participar de blockbusters de ficção científica. Quando ela aceita protagonizar uma série prestigiosa dirigida por um cineasta francês, seus relacionamentos, trabalho e fama se tornam combustível para conflitos públicos e privados que revelam as entranhas do paradoxo entre fazer arte e vendê-la. Além de mais aprofundada e específica que The Idol, a obra de Assayas também explora o universo da música pop com uma participação de Kristen Stewart e consegue capturar o erotismo de maneira muito mais eletrizante a partir da tensão entre Mira e seus amantes, especialmente Laurie (Adria Arjona).

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.