Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

‘Stranger Things’: monstros reais assombram os jovens na nova temporada

O fenômeno da Netflix se renova ao explorar as dores do crescimento

Por Amanda Capuano Atualizado em 27 Maio 2022, 15h35 - Publicado em 27 Maio 2022, 06h00

Na superfície, Hawkins é uma entre tantas cidadezinhas modorrentas do Meio-Oeste americano. Mas uma misteriosa versão dela em outra dimensão, o Mundo Invertido, revela-se um imenso território da imaginação — inclusive em popularidade. Tão logo surgiu, em 2016, o cenário idílico de Stranger Things se impôs não só como sucesso: foi o primeiro fenômeno cultural posto em voga pela Netflix. Por três temporadas, a série dos irmãos Duffer teve altos e baixos, mas nunca perdeu seu charme — e chega à primeira fase de sua quarta leva de capítulos, a penúltima prevista, provando-se um clássico indisputável.

Stranger Things: Raízes Do Mal: Série Stranger Things – Volume 1

Entre seu início e 2022, Stranger Things promoveu poucos avanços temporais em seu retrato nostálgico da década de 80. Seus jovens e adoráveis protagonistas, como as meninas Max (a talentosa Sadie Sink) e Eleven (Millie Bobby Brown) e seus amigos, continuam imersos numa atmosfera que recende a filmes como E.T. — O Extraterrestre, tendo a Guerra Fria como pano de fundo. Mas seus atores cresceram, e como: Millie foi dos 12 aos 18 anos em cena. Seus personagens, de certa forma, refletem essa nova realidade. Max, Eleven e os meninos Will, Dustin, Lucas e Mike agora enfrentam as dores da chegada ao ensino médio e, com ela, as dúvidas e inadequações de praxe. Na quarta temporada, enfim, eles enfrentam monstros pessoais tão tenebrosos quanto os que habitam as profundezas do Mundo Invertido.

Stranger Things: Cidade Nas Trevas: Série Stranger Things – Volume 2

Ao explorar a progressão dos dramas adolescentes e os traumas psicológicos de Eleven e Max, a quarta temporada tem o mérito de espantar a ligeira sensação de cansaço na trama que a precedeu. É, ainda, uma experiência em tela aberta dos dilemas atuais da Netflix: com seus novos episódios extralongos (um deles terá duas horas e meia de duração!), a série testa limites num momento em que a plataforma, sofrendo perda de assinantes, passa por uma reavaliação existencial. Dentro da lógica de uma legião de jovens e adultos fissurados por Stranger Things, contudo, tamanho não é crise, pelo contrário: quanto mais tempo gasto naquela mitologia peculiar, melhor. Há quem deseje que os anos 80 não acabem nunca.

Publicado em VEJA de 1 de junho de 2022, edição nº 2791

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO PARA COMPRAR

Stranger Things: Raízes Do Mal: Série Stranger Things - Volume 1
Stranger Things: Raízes Do Mal: Série Stranger Things – Volume 1
Stranger Things: Cidade Nas Trevas: Série Stranger Things - Volume 2
Stranger Things: Cidade Nas Trevas: Série Stranger Things – Volume 2

*A Editora Abril tem uma parceria com a Amazon, em que recebe uma porcentagem das vendas feitas por meio de seus sites. Isso não altera, de forma alguma, a avaliação realizada pela VEJA sobre os produtos ou serviços em questão, os quais os preços e estoque referem-se ao momento da publicação deste conteúdo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)