Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

A jornada anticancelamento de Wanessa Camargo pós-BBB 24

Cantora tenta se redimir por atitudes e falas problemáticas no reality da Globo

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h16 - Publicado em 18 mar 2024, 13h25

Expulsa do Big Brother Brasil 2024, Wanessa Camargo, 41 anos, vem tentando restabelecer sua imagem perante o público após ter tido atitudes e falas problemáticas dentro do reality da Globo. Sua saída do programa aconteceu em decorrência de um soco dado em Davi Brito, seu principal rival no jogo, enquanto ele estava dormindo. O motorista de aplicativo reclamou da colega, e a direção do BBB 24, baseada nas regras do próprio programa, tomou a decisão de expulsar a participante do Camarote — cota de famosos da edição — em 2 de março. Desde então, a filha de Zezé Di Camargo e Zilu Godoy tem trabalhado em uma estratégia “anticancelamento” após uma temporada sendo criticada a rodo nas redes sociais.

Em 5 de março, a cantora se pronunciou pela primeira vez sobre sua expulsão, dizendo que a experiência tinha sido desafiadora e difícil. A artista seguiu a orientação básica de se desculpar a “quem se sentiu ofendido”, sem se referir ao Davi. “Foi um choque para mim sair da maneira que eu saí. Eu nunca imaginei que sairia assim do programa. Eu quero pedir desculpas, de coração, a cada pessoa que se sentiu mal, machucada ou ofendida por alguma palavra ou atitude minha lá dentro. Nunca foi a minha intenção. Todos nós erramos e acertamos como sociedade, eu me incluo nisso, mas o mais importante é a gente entender que a gente tá em um processo de aprendizado constante, pra gente evoluir, e eu quero muito evoluir. Obrigada a todos que me apoiaram”, declarou.

View this post on Instagram

A post shared by Wanessa Camargo (@wanessa)

Sete dias depois, em 12 de março, a cantora gravou e publicou um novo vídeo, em que admitia ter tido atitudes com Davi que se enquadravam no racismo estrutural. “A gente acaba praticando sem perceber, eu devo pedido de desculpas ao Davi, sua família e todos os negros que se sentiram machucados e ofendidos”, declarou ela. Wanessa ainda avisou que quer se tornar uma “pessoa antirracista”.

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Wanessa Camargo (@wanessa)

No domingo, 18, em entrevista ao Fantástico, Camargo tentou concluir mais uma etapa de sua jornada anticancelamento ao falar de sua trajetória dentro do BBB 24, entretanto, sua forma de justificar suas falas a todo custo deixaram a impressão de que não houve um arrependimento sincero, mesmo tendo reconhecido certos erros. “Me assustei ao ver que muita coisa foi tirada do contexto, porque a gente tem uma rede social que é muito problemática”, disse Wanessa, em referência ao X (antigo Twitter). “Quando a gente é colocada em um lugar tão grave quanto a palavra ‘ser racista’, aquilo era uma roupa que eu não conseguia vestir”, completou ela, que pretende se aprofundar no tema para aprender mais sobre racismo estrutural. Na conversa, a cantora negou fatos mostrados pela edição do Fantástico, como ter falado que queria mudar de quarto para não ficar perto de Davi.

Wanessa Camargo saiu do BBB 24 com sua imagem prejudicada e agora trava uma batalha contra seu próprio cancelamento. Na era das redes sociais, logo o público encontra outra figura a se criticar ferrenhamente, mas a cantora ficará marcada pelo que mostrou no confinamento.

Continua após a publicidade

O que aconteceu com Wanessa Camargo

No final da festa iniciada na sexta-feira, 1º de março, dentro do BBB 24, que teve apresentação de Wesley Safadão, Wanessa estava alcoolizada e começou a dar socos no ar perto de Davi em um dos quartos. Yasmin Brunet e Giovanna Pitel, amigas da cantora, tentaram convencê-la a trocar de roupa antes do ocorrido, até que ela atingiu o participante Pipoca — cota de anônimos do programa — com um soco. “Desculpa, Davi! Eu tô bem louca”, justificou ela. Em seguida, o jovem foi ao confessionário e falou por vários minutos sobre o ocorrido, alegando ter sido desrespeitado e que “se sentiu agredido, mesmo que tenha sido sem querer”. Depois, Wanessa foi chamada ao cômodo particular, onde ficou por 10 minutos até que a produção pediu que os participantes reunissem os objetos pessoais da cantora e deixassem na despensa, informando assim que ela não retornaria mais para a casa. A direção do programa liderada por J.B. Oliveira, o Boninho, decidiu desclassificar a cantora, ancorada nas regras do confinamento.

Ao longo do programa, Wanessa teve muitos problemas com Davi, chegando a falar mal do colega para todos da casa por causa de atitudes que reprovava, como cantar alto enquanto cozinhava ou por ele ter falado “psiu” para ela durante uma discussão. Em outros momentos, a então namorada de Dado Dolabella também tachou o anônimo de “narcisista”, “perigoso”, “manipulador” e “moleque”, além de afirmar que a forma como ele falava lhe despertava “gatilhos” e que via violência na forma como ele agia. “Ele já tomou atitudes que, para mim, ele não merece estar aqui como finalista. O caráter dele, para mim, tem várias falhas muito graves em relação a outras pessoas que estão aqui que eu torço para ganhar, muito mais do que ele”, disse ela em uma ocasião.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.