Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

Os imorais 2 – Editorial do Estadão: “A desfaçatez da tigrada”

“Chama-se compra de votos o que fizeram na quinta-feira o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, do PC do B, e o do Senado, Renan Calheiros, do PMDB, com a cumplicidade dos integrantes das Mesas Diretoras de ambas as casas e a convicta anuência dos respectivos líderes de bancadas. Eles aumentaram em 90,7% os vencimentos dos […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 6 jun 2024, 07h22 - Publicado em 16 dez 2006, 04h38
“Chama-se compra de votos o que fizeram na quinta-feira o presidente da Câmara, Aldo Rebelo, do PC do B, e o do Senado, Renan Calheiros, do PMDB, com a cumplicidade dos integrantes das Mesas Diretoras de ambas as casas e a convicta anuência dos respectivos líderes de bancadas. Eles aumentaram em 90,7% os vencimentos dos congressistas, 3,6 vezes acima da inflação acumulada desde o reajuste anterior, em 2003. Em campanha para se manter nos cargos na legislatura que se inicia em 1º de fevereiro próximo, Rebelo e Calheiros trataram evidentemente de ser tornar credores de todos quantos, entre os 513 deputados federais e os 81 senadores da República, não se envergonham de passar a receber R$ 24,5 mil a título de salário, mais ajuda de custo, auxílio-moradia, verba indenizatória, verba de gabinete, cotas de passagens aéreas, cobertura de despesas com correspondência, material gráfico, além de gasolina para os seus carros com motorista. Dá, por baixo, R$ 100 mil mensais para cada deputado e R$ 146 mil para cada senador. Ou, para o contribuinte, cerca de R$ 1,7 bilhão ao ano, incluído o efeito dominó da megamajoração nas câmaras legislativas estaduais (1.054 deputados) e municipais (51.814 vereadores).” Leia mais aqui (link aberto)

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.